Aplanet vence fase nacional do Zurich Innovation Championship

O concurso tem como finalidade promover a transformação, inovação e disrupção no setor dos seguros. A competição local foi disputada pelas start-ups Knok, loqr, YDATA e THEIA e Aplanet.

O Zurich Innovation Championship, uma iniciativa do Grupo Zurich que promove a transformação, inovação e disrupção no setor dos seguros, já escolheu a start-up nacional que que vai representar Portugal na fase regional da EMEA (Europa, Médio Oriente e África). A opção da Zurich Portugal, depois de avaliadas as candidaturas, das quais selecionou cinco finalistas – Knok, loqr, YDATA e THEIA – recaiu sobre a Aplanet.

Esta start-up desenvolveu um software intuitivo e customizável para que empresas, governos, câmaras municipais, estabelecimentos de ensino e ONG consigam otimizar a gestão na área da sustentabilidade, analisar e reportar o impacto das ações implementadas e gerir toda a informação não financeira numa só plataforma. Foi criada há cerca de um ano, e já recebeu vários prémios e reconhecimentos na área do empreendedorismo em Espanha. Também foi reconhecida como umas das melhores soluções tecnológicas de gestão de voluntariado e doações no Corporate Volunteering, Giving and Grants Technology Review da Fundação Bill & Melinda Gates.

Durante os próximos meses, a Aplanet vai desenvolver um projeto concreto com a Zurich Portugal que, em junho, será apresentado na fase regional do concurso. Aí, serão selecionadas as oito melhores start-ups das fases regionais – EMEA, América do Norte, América Latina e Ásia-Pacífico – que, no final do segundo semestre, disputarão a final global da competição. As três vencedoras mundiais terão a possibilidade de ver as suas soluções desenvolvidas localmente através de projetos piloto.

Esta segunda edição do Zurich Innovation Championship contou com um total de 1358 candidaturas, de 68 países, 13 das quais portuguesas. A primeira registou 450 candidaturas de mais de 49 países.

 

Comentários

Artigos Relacionados