84% dos portugueses afirmam fazer compras de Natal nas lojas físicas

A conclusão é do estudo Observador Cetelem Natal 2022, que revela ainda que é a faixa etária mais velha que opta por esta modalidade de compras.

Este ano, 84% dos portugueses inquiridos no estudo Observador Cetelem Natal 2022 vão realizar as suas compras natalícias nas lojas físicas, com destaque para a população com idades entre os 45 e os 74 anos, já que esta faixa etária (86%) são os demonstram mais esta preferência.

Relativamente aos estabelecimentos físicos onde pretendem fazer as suas compras, os portugueses demonstram preferir quer as lojas nas grandes superfícies/ centros comerciais (71%), quer os super e hipermercados (70%). O estudo mostra também que 51% dos entrevistados tencionam dirigir-se às grandes superfícies especializadas para realizar as suas compras e que 45% vão optar por lojas de comércio local/tradicional. Cerca de 1 em cada 4 afirmaram que também pretendem fazer compras em feiras e mercados de Natal.

A nível regional, os dados do Observador Cetelem Natal 2022 revelam que 73% dos indivíduos do Sul do país procuram mais os centros comerciais para fazer compras. Já 72% dos residentes do Centro optam mais pelos super e hipermercados. Na região Norte, além destas opções, os inquiridos dão preferência às compras nas lojas de comércio local (48%).

Por sua vez, 53% dos inquiridos farão as suas compras nas lojas online, uma percentagem 36% superior ao ano passado. Neste, segmento, o destaque vai para os mais jovens, dos 18 aos 34 anos – que somam uma percentagem de 62%. Refira-se que 4% dos entrevistados também mencionou a venda direta ou por catálogo.

Acresce a estes dados que 63% dos jovens revelam que vão fazer as compras em sites agregadores ou marketplaces de lojas. 58% em sites das marcas e 52% em sites agregadores ou marketplaces sem lojas físicas em Portugal. Cerca de 135 euros é, em média, o montante que pretendem gastar.

O inquérito quantitativo Observador Cetelem Natal 2022 foi realizado pela NielsenIQ, de 9 a 15 de novembro, e teve como target indivíduos de ambos os géneros, de idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos, residentes em Portugal Continental. No total foram feitas 1000 entrevistas representativas da população.

Comentários

Artigos Relacionados