Depois de um ano e meio de massificação significativa do teletrabalho, é provável que a maioria de nós tenha já percebido que “estar em teletrabalho” é muito mais do que simplesmente continuar a realizar as mesmas tarefas diárias num sítio diferente.

Na verdade, esta nova rotina implica repensar a gestão do tempo e as prioridades, lidar com o distanciamento social, renovar as competências tecnológicas e comportamentais e manter o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Para superar com sucesso os desafios do teletrabalho, partilhamos consigo estas 8 sugestões:

1 – Organize o seu espaço de trabalho: O espaço deve estar bem delimitado (à falta de uma divisão própria, utilize um biombo, por exemplo) ou é bem possível que ao fim de algum tempo comece a sentir-se deprimido! Opte por um local iluminado, evitando ficar de costas para a janela. Utilize mobiliário adaptado, uma boa cadeira e mantenha a secretária livre e organizada.

2 – Mantenha-se ligado: Interaja frequentemente com os seus colegas através de videochamadas, para que não se percam os sinais não-verbais em contexto remoto, e mantenha o profissionalismo (evite outras janelas abertas em simultâneo, conversas paralelas e assegure-se de que todos são escutados).

3 – Planeie antecipadamente as suas tarefas principais: Estabeleça prioridades e o tempo de duração de cada tarefa (poderá usar uma Matriz de Prioridades e dividir cada tarefa em microtarefas). Garanta uma margem de segurança para evitar frustrações e invista em ferramentas de gestão de tempo/tarefas – desde aplicações tecnológicas a ferramentas simples, como uma agenda ou lista de tarefas.

4 – Controle o volume de trabalho e aumente a sua concentração: Defina um objetivo concreto, realizando uma tarefa de cada vez e trabalhando de forma contínua. Evite as interrupções externas (feche o e-mail, desative as notificações e lembre-se que, por vezes, também é preciso dizer “não” com cordialidade). Respeite a sua cronobiologia e prepare o trabalho (e o seu cérebro) no dia anterior.

5 – Adote uma atitude positiva: Uma postura positiva permite-lhe ver os acontecimentos de um ponto de vista mais agradável e manter relações harmoniosas com os outros. Descubra e aplique a Análise Transacional para incorporar a atitude + + de forma permanente.

6 – Concentre-se na sua zona de influência: A situação atual é excecional, inédita e não se resolverá de imediato. Como tal, para fazer avançar os seus projetos, deve concentrar-se na zona de influência mais próxima de si. Explique os objetivos de forma clara, com uma intenção positiva perante o outro.

7 – Aumente a sua criatividade: A criatividade é uma das soft skills mais procuradas pelas empresas. Promova a sua, observando o mundo ao seu redor e mantendo-se atento. Faça algo novo (curso de culinária, aula de ioga… pois as melhores ideias surgem inesperadamente dos locais onde ainda não procurámos) e desenvolva a sua imaginação para resolver problemas complexos.

8 – Mantenha-se em forma: Para se sentir bem, mesmo em teletrabalho, pratique atividade física, como, por exemplo, relaxamento, alongamento, automassagem ou dança. E dê igualmente importância às necessidades básicas como o humor, o sono e a alimentação.

Está pronto para encarar esta nova realidade do teletrabalho com dedicação e entusiasmo?

Faça downloaddo white paper “8 sujestões para ser bem-sucedido em teletrabalho” e explore cada uma destas sugestões em profundidade.


Catarina Correia é licenciada em Design de Equipamento pela Universidade de Lisboa e pós-graduada em Marketing Management, no IPAM. É uma entusiasta em marketing digital com especialidade em social media marketing, gestão comunitária e geração de leads.  Atualmente ocupa o cargo de Head of Marketing & Communication da CEGOC, apesar de ter mais de 11 anos de experiência em Vendas & Marketing e Marketing online tendo sido responsável pela gestão do Departamento de Marketing e Comunicação de algumas empresas na área de formação onde  foi responsável por várias ações de marketing e desenvolvimento no mercado nacional e também Palop’s, através da promoção de contactos estratégicos, criando e desenvolvendo produtos fulcrais na expansão das empresas por onde passou, em diferentes modelos de participação.

Atualmente, na CEGOC, o seu papel está assente no desenvolvimento e execução de estratégias de longo e curto prazo (branding, marketing, desenvolvimento de produtos e abordagem ao mercado), desenvolvimento de negócios e vendas, gestão de relacionamento com clientes e parceiros chave, gestão de RH e RP em eventos importantes (Portugal e internacional).

Comentários