John Rampton que, como diz, já foi milionário muitas vezes, partilha oito dicas que irão ajudá-lo a fazer “crescer” o seu dinheiro.

John Rampton, empreendedor e investidor norte-americano que ocupa a 3ª posição no Top 50 dos maiores influenciadores mundiais no Entrepreneur, partilhou recentemente oito dicas que acredita conseguirem torná-lo num milionário ainda este ano.

“Acredite ou não, tornar-se num milionário é um objetivo que pode alcançar este ano. Na minha vida já fui milionário várias vezes. Fui-o na maior parte das vezes antes dos meus 30 anos, mas gastei tudo em carros, casas e num estilo de vida que não tinha razão de ser”, partilhou.

Rampton afirma que tornar-se rico tem mais a ver com contenção e tenacidade, do que com ser-se brilhante ou cheio de sorte. Eis as oito dicas que poderão ajudá-lo a ser um milionário.

1. Crie um plano financeiro e coloque-o por escrito

Uma das principais razões porque poucos chegam a milionários é por não terem um plano financeiro por escrito. Ao criar um plano financeiro, estará a forçar-se a agir, em vez de se limitar a apenas falar. Este também o guiará a tomar as decisões certas, de forma a alcançar os seus objetivos e sonhos.

Scott D. Hedgcock, especialista em planos financeiros, diz que “quando se planeia com o fim de assegurar o futuro, existem dois contributos indispensáveis: quanto dinheiro se tem e quanto se gasta. Tratam-se de dois aspetos fundamentais de qualquer planeamento financeiro, independentemente do valor em causa”, refere.

“Na minha opinião, o que difere entre os que estão no bom caminho e os que nem por isso, é quanto tempo e esforço dedicam a criar um plano para o seu dinheiro. Despender tempo a criar um plano e como implementá-lo é a única coisa que todas as pessoas financeiramente bem-sucedidas têm em comum”, partilha Hedgcock, acrescentando que “o chegar ao sucesso é inevitável para os que fazem isto, independentemente do dinheiro com que começam. Da mesma forma, o falhanço dos que não seguem um plano, também não está dependente do quão ricos são hoje”.

Quando estiver a criar o seu plano financeiro, tenha em conta:

Foque-se no prioritário e não se deixe obcecar pelo passado;

Foque-se no que controla, através de uma lista das despesas que já sabe que são certas e retire esse valor do seu orçamento. Com o remanescente, deverá listar todas as categorias para que deseja amealhar;

Foque-se no seu futuro, ao antecipar quanto irá necessitar financeiramente no seu futuro.

2. Concentre-se em aumentar o que ganha

Grant Cardone que, de falido e cheio de dívidas aos 21 anos, conseguiu tornar-se milionários aos 30, refere que “na economia dos dias de hoje, não é possível poupar até se tornar milionário. O primeiro passo é focar-se em aumentar o dinheiro que consegue e continuar a fazê-lo eternamente”.  Este partilha que “comecei por conseguir 3 mil dólares (cerca de 2,8 mil euros) por mês e, em nove anos, consegui aumentar este valor para 20 mil (cerca de 19 mil euros) mensais. Comece a seguir o dinheiro e isso obrigá-lo-á a controlar o que consegue de retorno e a estar atento a eventuais oportunidades”.

Ainda bem que tem várias hipóteses de fazer crescer o seu dinheiro, como investindo em negócios com elevadas probabilidades de retorno e de expansão.

3. Aproveite a generosidade do Estado

“A melhor maneira que conheço de se tornar num milionário, é usar a seu favor os juros compostos. Junte o que lucra ao capital inicial e mantenha as taxas de retorno no valor mais elevado possível, tal aumentará as hipóteses de conseguir chegar a um valor líquido de sete dígitos”, escreveu Brian Feroldi, especialista financeiro, no The Motley Fool.

“Claro que conseguir elevado retorno dos investimentos é mais fácil de dizer do que de fazer, dados os muitos fatores implicados que estão fora do seu controlo. No entanto, todos os investidores controlam dois grandes fatores capazes de trazer elevados ganhos no longo-prazo: custos do investimento e taxas. Se quer tornar-se num milionário, mantenha estes dois nos valores mais baixos que conseguir”, explica Feroldi.

Para conseguir manter as contribuições fiscais e taxas implicadas no mínimo, rodeie-se de especialistas. Deverá ter um agente ou uma empresa de representação que “cobre uma muito pequena percentagem por negócio – e que não a negocie frequentemente”.

“Se quer tornar-se num milionário, deverá socorrer-se de toda a ajuda possível”, diz. “Garanta que os custos dos seus investimentos e que os impostos a pagar são os menores possíveis e tal ajudá-lo-á a chegar ao seu objetivo”.

4. Aumente as origens do capital

Depois de cinco anos a estudar milionários, o autor Thomas Corley constatou que 65% dos milionários que subiram a pulso, tinham três diferentes origens do seu capital, 45% tinham quatro e 29% tinham cinco ou mais. Tal pode incluir começarem um negócio paralelo, trabalharem em part-time, fazerem investimentos ou alugarem tudo o que podem, desde a casa ao carro.

5. Automatize as suas poupanças

Se quer tornar-se num milionário, terá mesmo de entrar na rotina de poupar uma parte de tudo o que ganha, bem como criar um fundo para emergências que coloque no mercado financeiro. No entanto, a melhor forma de o fazer é automatizando as suas poupanças. Este processo permite-lhe encaminhar automaticamente uma percentagem do seu salário, colocando-o a render sem que tenha de intervir. Sugere-se que coloque 10% em investimento e 5% em poupanças.

6. Aumente as suas competências e conhecimentos

“Leia diariamente durante pelo menos durante 30 minutos, oiça podcasts que lhe acrescentem valor enquanto conduz e procure mentores incessantemente”, escreveu Tucker Hughes, que se tornou milionário aos 22 anos. “Não precisa de ser apenas um mestre na sua área, mas sim um génio capaz de manter conversas sobre diversos assuntos, sejam eles sobre finanças, política ou mesmo desporto. Consuma conhecimento como o ar que respira e coloque acima de qualquer outro objetivo o de aprender”, frisa.

7. Viva abaixo das suas possibilidades e acabe com o recurso ao crédito

É mundialmente sabido que as pessoas mais ricas são as que mantêm um modo de vida mais simples. Não gastam excessivamente em marcas ou produtos de luxo. Usam até talões de desconto e são conhecidos por viverem abaixo das suas posses, vivendo em casas modestas e conduzindo carros discretos.

São também conhecidos por manterem o que gastam sob controlo e por recorrerem espartanamente ao crédito. Aprenda com T. Boone Pickens que apenas traz consigo o dinheiro que precisa para o que pretende comprar.

8. Ligue-se a outros milionários

“Na maioria dos casos, a rede de contactos reflete o nível dos amigos mais próximos”, escreveu Steve Siebold no Business Insider. Não se trata exatamente de uma filosofia nova, mas de algo que está presente desde que Andrew Carnegie abraçou o princípio do Master Mind.

“Estar com pessoas que são mais bem-sucedidas do que nós, aumenta o potencial de expansão do nosso pensamento e a probabilidade de aumentarmos o nosso fluxo financeiro”, refere Siebold. “Tornamo-nos semelhantes às pessoas com quem nos associamos e é por isso que os vencedores atraem outros vencedores”.

“A verdade é que”, refere, “os milionários pensam o dinheiro de maneira diferente, face à classe média, e temos muito a ganhar com a sua presença”.

Comentários