O tempo das férias escolares de verão pode ser a oportunidade ideal para os jovens começarem a ganhar algum dinheiro, aumentarem a sua experiência ou até construírem um bom currículo profissional.

Para muitos estudantes, os meses mais quentes do ano são sinónimo de tempo livre e de não ter nada que fazer. É irónico como alguns jovens procuram conseguir o melhor trabalho quando terminam os seus estudos, mas não fazem nada para que isso aconteça.

Lindsay Craig, Growth Hacker na GoSpaces.com, recomenda cinco ideias que os mais jovens podem pôr em prática sozinhos e com muito pouco dinheiro, avança o Entrepreneur.

  1. Revenda os seus videojogos

Acredite ou não, muitos estudantes estão a tentar obter dinheiro extra em troca de The Legend of Zelda: Ocarina of Time, enquanto outros estão dispostos a pagar o que for para os ter outra vez.

Para ter sucesso, precisa de conhecer o seu cliente e quais são os melhores canais para chegar até ele. Comece o seu inventário comprando videojogos velhos aos seus amigos, em feiras ou inclusivamente em lojas online como eBay ou Amazon.

Quanto mais apaixonado for pelos videojogos, melhor será no momento de os colecionar. Promova-se gratuitamente nas redes sociais ou colando posters em lugares estratégicos.

Depois de ganhar algum dinheiro, pode reinvesti-lo e continuar a comprar acessórios mais interessantes.

  1. Desenhe e venda t-shirts personalizadas

Se nunca teve um negócio, vender t-shirts é uma boa maneira de começar. Estas são relativamente fáceis de produzir e de vender sem necessitar de muitos conhecimentos de desenho. Além disso, todo a gente quer usar uma t-shirt “cool”. Há um grande potencial de mercado.

É importante que tenha em atenção que, se os clientes compram uma t-shirt com algum conteúdo, é porque querem apoiar alguma ideologia.

Navegue nas redes sociais e descubra quais são os memes mais partilhados, encontre um nicho e investigue-o. Pode fazer uso do Google Trends para saber qual é aquele que vale a pena apostar nesse momento.

A GoSpaces.com é uma plataforma que lhe permite lançar o seu negócio de t-shirts, já que deixa que qualquer pessoa crie uma empresa grátis. Além disso, dispõe de ferramentas como o Refund Policy generator.

  1. Crie o seu espaço no Etsy

É daquelas pessoas que passam o seu tempo livre editando imagens ou criando trabalhos manuais para os seus familiares e amigos? Faça da sua arte um negócio e submeta-os a uma plataforma criativa como o Etsy.

Uma excelente opção poderia ser vender fotografias. São fáceis de produzir e vender, pelo que pode ganhar dinheiro de maneira rápida, se tiver um portefólio de trabalho bem feito.

A joalharia, roupa e trabalhos manuais são populares, mas não se esqueça de calcular as taxas de câmbio e os portes de envie antes de fixar os seus preços finais.

Se tiver dinheiro, pode criar o seu próprio negócio online e assim ter uma plataforma à sua medida. Antes de o levar a cabo, investigue sítios como o Shopify que é o que melhor venderá a sua marca.

  1. Escreva um ebook

A Amazon Kindle Direct Publishing é uma forma incrível para dar a conhecer os futuros escritores. Normalmente, o preço de um ebook é baixo, mas o potencial para se dar a conhecer é enorme. De facto, alguns escritores fecharam contratos com casas editoriais depois de terem publicado o seu material online.

Esta ideia de negócio não é tão fácil, mas, se na realidade for um apaixonado pela escrita, poderá ser o melhor para si. Vai necessitar de fazer muitos rascunhos, editá-los e depois submetê-los na plataforma. Promova o seu trabalho no Facebook e no Twitter.

Quem sabe se esse trabalho de literatura ou o projeto que escreveu sobre rock and roll poderá acabar por ser um bestseller. Também pode investigar sobre o Novelistik.

  1. Aposte num serviço de limpeza

Sejamos realistas, a maioria dos apartamentos de universitários não estão tão limpos como deveriam. Todos gostamos de viver num espaço com aroma a frescura, mas é difícil fazê-lo quando se tem múltiplas responsabilidades.

É muito fácil começar a sua empresa de limpeza. Basta criar uma página web através da qual torna públicos os seus serviços. Deve começar por partilhá-la nas redes sociais e nas pizzarias da sua escola. Se oferecer descontos em troca de opiniões, poderá começar mais rapidamente do que julga.

 

Os estudantes têm que estar dispostos a correr riscos e a testar todo o tipo de ideias. No fim de contas, se a sua ideia não funcionar, estarão de regresso aos livros em agosto.

 

Comentários