Opinião

2020, que mudança queremos fazer?

Sónia Jerónimo, empreendedora

Estamos em 2020, início de um novo ano e de uma nova década, por isso, nada melhor, para refletir sobre a nossa vida e fazer um balanço pessoal. Refletir sobre uma mudança e como ela nos pode transformar e trazer renascimento ao nosso dia a dia, é altamente profícuo para o nosso equilíbrio e bem-estar pessoal e familiar.

Qualquer mudança que façamos na nossa vida, sobretudo vinda do nosso interior, terá sempre implicações no nosso dia a dia. Um novo emprego, um novo projeto de vida, novas relações profissionais ou pessoais. Isto traz, inevitavelmente, transformação e renascimento à nossa vida. E isso é simplesmente maravilhoso.

É preciso auto-compaixão, amor-próprio e muita coragem para se transformar e renascer, e com isso, promover as mudanças que deseja na sua vida pessoal e profissional. A verdadeira transformação que desejamos na nossa vida vem de dentro e requer um alinhamento profundo com o nosso propósito de vida.

E esta é a grande questão: qual o meu propósito de vida? A pergunta que raramente fazemos, porque é difícil enfrentá-la, porque andamos apressados e, sobretudo, porque nos tira da zona de conforto, e como tal, em escassos segundos a abandonamos e seguimos em frente, com as mesmas rotinas do nosso dia-a-dia.

Contudo, a resposta genuína a esta pergunta, leva-nos, a uma vida pessoal e profissional com propósito, preenchimento, energia e felicidade interior. Estar de bem com a vida como disse Confúcio “escolha um trabalho que ame, e não terá que trabalhar um único dia na sua vida”.

Quando descobrimos o nosso propósito de vida e de carreira, nele reside o amor e a paixão pela nossa vida, pelo que fazemos diariamente, porque o fazemos e para quem estamos a contribuir. E, note-se, nada tem haver com questões financeiras ou materiais. Trata-se de algo maior, e que nos deixa com um sorriso todos os dias. Trata-se de algo que fazemos com sentido claro de missão, e, consequentemente sermos remunerados por isso. Não o inverso.

Mas o que pode ajudá-lo (a) a descobrir o seu propósito de vida? Essencialmente três elementos fundamentais, de acordo com a minha experiência pessoal. Pode levar alguns anos para lá chegarmos, mas o importante é iniciar o caminho (se assim o deseja). Talvez o início desta nova década seja o momento de iniciar:

#1 – Invista na identificação dos seus valores e princípios de vida. Faça um exercício pessoal e anote quais são os seus valores de vida e dos quais não abdica, seja em que circunstâncias for. A honestidade?  A integridade? A transparência? O trabalho? O respeito? A família? O espírito de camaradagem? Ajudar o próximo? Trabalho em equipa? Companheirismo?  Os valores são o combustível para atingir os seus objetivos de vida e neles descobrirá o seu propósito. Sente que trabalha num local “tóxico”? Sente-se “enclausurado”? Vive e trabalha em ambientes manipuladores e de jogos políticos, quando, os seus valores são a honestidade, a transparência e o respeito? Nestes contextos, dificilmente, conseguirá encontrar o seu propósito de vida ou carreira. A desconexão é total. Trace um plano de mudança que contemple outros “ambientes” ou “círculos de pessoas”.

#2 – Evite/elimine, ambientes de trabalho e/ou familiares ou de amizades desencorajadores. Nestes contextos, infelizmente reina a inveja, a falta de transparência, a ganância e a manipulação. Analise à sua volta, com quem trabalha e por quem é liderado. Pergunte-se: é mesmo isto que quero para mim? Diariamente? Quando chega a casa o que sente? alegria? felicidade? preenchimento? ou antes, irritação, tristeza, frustração, cansaço? Reveja o seu círculo de amizades. Tem de estar aberto a ter de mudar de círculos profissionais ou algumas pessoas têm de sair da sua vida. Faz parte deste caminho.

#3 – Trace objetivo (s) claros e reais, sempre pela positiva. Uma boa ferramenta que pode usar é o SMART. Defina que objetivos pretende para a sua vida pessoal, familiar e profissional de forma simples, que sejam mensuráveis, atingíveis, relevantes e com tempos definidos para lá chegar. Definir objetivos pela positiva é fundamental, pois afirmações positivas estão intrinsecamente ligadas aos seus valores, que são os pilares inabaláveis para si. Escreva-os, num horizonte a cinco anos, e depois anualmente. Reflita e avalie com tempo cada um. Tenha sempre presente o alinhamento com os seus valores.

Estes três elementos são fundamentais para ajudá-lo a definir o seu propósito de vida. Identificação dos seus valores, clareza de objetivos e pela positiva terá o “combustível” necessário para concretizar a mudança que quer e deseja para si.

Se “vive” em contextos que não estão alinhados consigo, “livre-se” deles. Manter-se neles, apenas consomem a sua energia e sentir-se-á exausto, desconectado e apenas “usado” em troco de um salário. A vida e o tempo, não voltam para trás.

Quando tudo estiver alinhado, você saberá, verbalizar o seu propósito de vida e de carreira, e, dessa forma, estará preparado para mudanças e transformações sustentáveis e com propósito ao longo da sua vida.

No final, viver o seu propósito é ter impacto na sua vida e na sua felicidade quotidiana. É ter impacto também na vida dos outros. Viver de acordo com os seus valores e princípios e sentir paixão pela sua vida é impagável. E lembre-se, só tem esta e ela passa a “correr”.

Bom ano de 2020 e seja o cocriador de uma nova vida para si na próxima década.

Comentários
Sónia Jerónimo

Sónia Jerónimo

Sónia Jerónimo é atualmente cofundadora da GO IT Concept & Ambassador na Fábric@ Empreendedorismo do Município de Seia. Anteriormente foi Entrepreneur & Board Advisor e passou pela Winning, como COO e Board Advisory. Tem mais de 20 de experiência na área da gestão e liderança de empresas ligadas às tecnologias de informação. Após a licenciatura em Economia, iniciou a sua carreira no mundo académico como professora nas áreas de Economia e Gestão, na Universidade da Beira Interior. Acabou por ingressar... Ler Mais..

Artigos Relacionados