Uma solução desenvolvida por três jovens portuguesas procura investimento para desenvolver uma app e avançar com o projeto no centro de Lisboa.

Se costuma, ou costumava, frequentar locais de diversão noturna em Lisboa o problema que a WePark quer resolver é-lhe, muito possivelmente, familiar.

A solução apresentada por esta start-up quer anular a dificuldade de encontrar lugares de estacionamento nos principais pontos de diversão noturna da capital. A ideia é ter alguém que estacione o carro por si, de forma a que não perca tempo a andar às voltas na cidade.

O projeto surgiu de uma necessidade real. Como a equipa conta ao Link to Leaders, “uma de nós tinha um jantar no coração do Bairro Alto e esteve cerca de 40 minutos à procura de estacionamento, tendo acabado por estacionar o carro a uma distância considerável do restaurante. Incluindo o percurso que teve de fazer do carro até ao restaurante, chegou cerca de uma hora atrasada ao jantar. Toda esta aventura fez com que quisesse encontrar uma solução para este problema de estacionamento no centro de Lisboa”.

Apontando para um público de classe média-alta, a estratégia das três empreendedoras passa por iniciar a atividade na região do Bairro Alto e Cais do Sodré em horário noturno. Numa fase posterior, a equipa projeta a implementação da ideia para a restante zona do centro de Lisboa, alargando também o horário para o período diurno.

Próximos passos do projeto
A WePark esteve em funcionamento num período de teste no mês de novembro passado. As maiores dificuldades encontradas pela equipa foram o desconhecimento do serviço por parte das pessoas, algo que de acordo com as fundadoras poderá ser resolvido com uma forte aposta publicitária. Numa fase inicial, as empreendedoras esperam também encontrar alguma resistência por parte dos clientes na entrega dos seus veículos, uma situação que esperam ultrapassar rapidamente.

Já tendo definido um plano de negócios e contando com algumas parcerias cruciais à operação, como a Empark e a Fidelidade, a WePark espera agora despertar a atenção de um investidor para avançar com o desenvolvimento de uma aplicação mobile de modo a conseguir entrar em funcionamento ainda no primeiro semestre deste ano.

Resumo:
Responsável: Rita Narciso
Área: Serviços
Produto: Estacionamento pessoal
Mercado: Nacional
Necessidade: Investimento e parcerias
Contacto: r.narciso@campus.fct.unl.pt

Comentários