O gigante norte-americano Walmart está a reorganizar a sua estratégia empresarial ao reforçar a vertente online, através do walmart.com, e concorrendo, cada vez mais, com a Amazon.

A empresa adquiriu diversas start-ups, de diferentes áreas de atividade, e tem como meta criar o seu próprio marketplace online. Lord & Taylor, Jet, MooseJaw, Shoebuy, Bonobos e Hayneedle são algumas das start-ups visadas, mas que, apesar da aquisição, continuam a manter-se  independentes. Contudo, usufruem do capital, das infraestruturas e das relações com fornecedores que Walmart disponibiliza.

A Walmart parece estar, assim, a preservar a independência daquelas marcas para conseguir chegar àqueles clientes que, normalmente, não compram na Walmart. Desta forma, a empresa reúne as mais-valias de todas as empresas numa única plataforma digital mais ampla, atingindo diferentes públicos.

O consultor de retalho e distribuição Doug Stephens, analisou a opção da empresa afirmando que a Walmart reconheceu que, para ter sucesso no mercado, é melhor ser um marketplace em vez de um império”.

Comentários