Nem só de capacidades técnicas se faz um bom profissional. As soft skills ganham cada vez mais espaço.

Se quer alcançar o sucesso profissional e subir na carreira não pode contar só com as suas capacidades técnicas e conhecimentos académicos. As chamadas soft skills têm um impacto fundamental nesse percurso porque de nada lhe serve ser um excelente técnico mas não saber relacionar-se com a equipa, chefes ou colegas. As capacidades pessoais são essenciais, por isso, se quer trabalhar esse seu lado, deixamos-lhe três dicas a seguir.

Ouvir os outros
Este é um excelente ponto de partida: ouça os outros como muita atenção e não apenas porque tem mesmo de ser. Ouça os outros de coração e mente aberta porque só assim entenderá totalmente a mensagem que a outra parte está a tentar comunicar-lhe. Preste atenção ao tom de voz, à linguagem corporal. Tente perceber realmente o que a outra pessoa está a tentar dizer-lhe e compreender a sua perspetiva. Isto é especialmente importante se estiver em causa a discussão de um tema fraturante. Não tem de concordar com tudo o que a outra pessoa lhe diz, mas é importante ver o seu ponto de vista.

Trate os outros com simpatia
Trate os outros da mesma forma que gostaria de ser tratado. Seja simpático para as pessoas e sorria-lhes. Não se esqueça que gentileza e boas maneiras marcam sempre pontos numa relação. Se lidar com os outros com delicadeza, rapidamente verificará que estes o tratam da mesma maneira. Desta forma, conseguirá construir uma relação saudável com os seus colegas e chefes.

Coloque-se no lugar do outro
Como diz o velho ditado, ponha-se no lugar dos outros antes de os criticar. Primeiro, e antes de tomar qualquer decisão, tente compreender as suas ações. O melhor exemplo disto é o processo de entrevista. Quando entrevista alguém, pense no entrevistado. Coloque-se no lugar deste e lembre-se da última vez em que passou pelo mesmo. Recorda-se de como estava nervoso? Então é normal que a pessoa que está a entrevistar tenha o mesmo sentimento.

Comentários