Conheça alguns traços de personalidade que são transversais aos jovens milionários.

Numa altura em que a Forbes está a começar a divulgar a lista dos milionários, divulgamos os oito traços de personalidade comuns aos jovens milionários. A lista foi elaborada por Deep Patel, autor do livro “A Paperboy’s Fable: The 11 Principles of Sucess”, na revista Entrepreneur.

  1. Sonham em grande, mas concretizam

Segundo Patel, os visionários que conseguem concretizar os seus objetivos monetários bastante cedo têm um sentido de urgência. Para o fazer olham para o mundo de uma forma diferente e sonham em grande.

Estas pessoas não estão à espera que as oportunidades surjam. Em vez disso, são elas próprias a criar as oportunidades para atingirem os seus objetivos.

Se quer adotar este tipo de mindset, quando sentir que a procrastinação está a tomar conta da sua vida, o autor aconselha-o a dar um passo atrás e a tentar visualizar o seu sonho a ser concretizado. A partir daí, faça um brainstorming de ideias sobre como chegar lá.

Para Patel, ter um grande sonho é meio caminho andado para ter sucesso, mas é necessário construir uma estratégia para chegar lá. Neste caso, a persistência poderá mesmo ser a sua melhor amiga.

  1. Recorrem a mentores

Os jovens milionários são inteligentes o suficiente para saberem que não sabem tudo e reconhecerem que há muito valor na experiência de vida.

O objetivo desta procura passa por preencher as possíveis lacunas do negócio ou na estratégia da empresa. Estes jovens milionários procuram mentores que sejam capazes de os guiar e de partilhar os diferentes insights e perspetivas do mundo dos negócios, de forma a conseguirem aferir como devem atuar mediante a situação em que se encontram.

  1. São intuitivos e criativos

Os jovens que conseguem atingir o patamar de milionários focam-se muito cedo tanto na sua intuição como na parte racional. Quer lhe chamem instinto ou veia criativa, estes jovens prestam atenção à “voz interior” que lhes diz que caminho seguir.

A verdade é que há estudos que suportam esta “voz”. Segundo a ciência cognitiva, alguns dos maiores descobrimentos do mundo do empreendedorismo foram feitos inconscientemente. Nestas situações, as emoções e os sentimentos – a tal  “voz interior” – precedem o conhecimento racional.

  1. Criam o seu próprio roteiro e não olham para trás

As pessoas que se tornam milionárias cedo não são as que percorrem os caminhos mais fáceis. Estes jovens definem um roteiro e abraçam a mudança como se fosse algo natural.

E, em vez de se preocuparem com o que dizem deles, preocupam-se em seguir os seus sonhos e nunca se deixam intimidar com a visão/opinião de outras pessoas.

  1. Têm desejo pelo conhecimento

Apesar de nem todos os jovens milionários terem o mesmo tipo de educação, há algo que lhes é comum: a necessidade de estarem constantemente a aprender e o “apetite” que têm pelo conhecimento.

De acordo com Deep Patel, dedicação e amor são dois fatores obrigatórios em qualquer pessoa que se torna milionária – independentemente da idade.

Hábitos como ler todos os dias, pelo menos meia hora, são importantes para este tipo de pessoas na medida em que ajudam a desenvolver o intelecto, mantêm a mente ágil e servem de combustível para a criatividade e inovação.

  1. Não têm medo de falhar

As pessoas bem-sucedidas não nasceram destinadas a ter sucesso. Para tal, precisam de ganhar a experiência e o conhecimento necessários para atingirem os seus sonhos. Esse tipo de insight vem, muitas vezes, na forma de falhanços.

Patel afirma que qualquer pessoa que tenha atingido o estatuto de milionário antes dos 30, sabe que o fracasso faz parte do sucesso. Em vez de terem uma conotação negativa, os falhanços têm de ser vistos como uma oportunidade de aprender e crescer.

  1. Não trocam tempo por dinheiro

Qualquer pessoa que procure tornar-se bem-sucedido tem de perceber que o tempo é a nossa commodity – ou conveniência – mais importante. Patel explica que as pessoas que não sabem gerir o seu tempo nunca vão tornar-se milionárias.

Por outro lado, os jovens milionários sabem que têm de focar-se na criação de receitas consistentes, sem terem de trocar dinheiro por tempo. Este tipo de pessoas utiliza estrategicamente o seu talento, recursos e poder para criar oportunidades de receitas mais dinâmicas – que não precisem de tanto tempo.

Além disso, olham para várias fontes de receitas e quando veem uma boa ideia “atiram-se” logo, não tendo medo de arriscar para gerar mais riqueza.

  1. Focam-se nos pontos fortes

O último traço de personalidade que Patel aponta é que os milionários não tentam ser os “homens dos sete ofícios”, mas sim especialistas numa única competência.

O autor afirma ainda que todos os jovens milionários focam-se nos seus pontos fortes de maneira a atingirem o sucesso a longo-prazo.

O conselho de Patel é claro: não perder tempo com algo em que é mediano ou mau, mas sim em algo que sabe que vai conseguir dominar a 100%. A partir daqui a ideia é criar uma equipa de ótimas pessoas, que sejam capazes de complementar as falhas umas das outras.

Leia ainda os “10 empreendedores milionários que desistiram da universidade“.

*fotografia por Bruce Mars.

Comentários