A multinacional espanhola de telecomunicações Telefónica está à procura de start-ups focadas em edTech para premiar em Madrid. As inscrições para a competição terminam dia 17 de agosto.

Num mundo cada vez mais tecnológico, como é que podemos utilizar a tecnologia para melhorar a aprendizagem e os sistemas de educação? Que oportunidades surgem nas escolas com o aparecimento das novas tecnologias nas salas de aula? Estas questões vão ser respondidas na enlightED, uma conferência que vai ocorrer a par com a South Summit, em Madrid, a partir de dia 3 de outubro.

Para além de contar com oradores de renome, a organização do evento espera que a competição de start-ups traga alguma luz sobre o possível futuro da educação. Os projetos que forem apresentados podem estar em qualquer fase de desenvolvimento e podem ser oriundos dos quatro cantos do mundo.

Os melhores projetos vão ser premiados em três categorias: “a melhor start-up do ensino superior” (pela IE University), “start-up com maior impacto social na educação” (pela Telefónica) e a “melhor solução para aprendizagem e educação” (pela Wayra).

Os vencedores vão receber acesso ao programa de aceleração da IE University, o IE Rockets Edtech Startup Accelerator, à rede internacional de empreendedores da aceleradora Wayra e à rede de investidores da South Summit, bem como a possibilidade de colaborar com os seus parceiros.

Os critérios de avaliação incluem a natureza inovadora dos projetos, a viabilidade de execução, escalabilidade, perfil da equipa e a capacidade de atrair investimento. Os empreendedores vão apresentar os seus projetos a um painel composto por investidores, empreendedores e especialistas em diversos setores.

Os empreendedores interessados em fazer parte desta competição podem inscrever-se no site da South Summit até dia 17 de agosto. A partir daqui, a organização vai escolher os dez melhores projetos que vão ter oportunidade de viajar até Madrid.

Comentários

Sobre o autor