A Young Women in Tech Scholarship é a mais recente aposta da Le Wagon Lisbon. Foi anunciada hoje e tem como target jovens mulheres na área da tecnologia.

A bolsa de estudo anunciada pela Le Wagon Lisbon, um bootcamp de programação, presente em 16 países e 25 cidades, que chegou a Portugal em 2015, dirige-se a mulheres na faixa etária dos 19 aos 19 e 23 anos, residentes em Portugal.

Aumentar em 50% o número de mulheres nos bootcamps é o objetivo da iniciativa que vai oferecer cinco vagas e descontos de 60% às candidatas que cumpram os requisitos estabelecidos pela empresa. A Bolsa será atribuída por ordem de inscrição.

No ano passado, a média de participação feminina foi superior aos 40%, mas o objetivo da escola é formar o maior número possível de mulheres com aptidões relevantes no sector das tecnologias.

Para Shannon Graybill, responsável do Le Wagon Lisbon, “o curso permite aos participantes, incluindo principiantes, aprenderem a programar em nove semanas, sendo grande o interesse demonstrado por residentes e por mulheres em particular.”

Segundo a responsável do programa, a ideia associada à iniciativa é “munir os residentes de um conjunto de aptidões relevantes, num contexto onde o fosso em matéria de aptidões digitais em Portugal é o terceiro maior da Europa e numa altura em que o aumento do número de mulheres na área das tecnologias assume uma importância crescente”.

Nos últimos dois anos, a escola já ensinou cerca de 200 estudantes a programarem. 35% dos antigos alunos são residentes em Portugal.

Comentários