A portuguesa Sword Health fechou hoje uma ronda de investimento de 3,7 milhões de euros junto da Green Innovations, da Vesalius Biocapital III e de outros investidores europeus e norte-americanos.

A start-up de base tecnológica da área da fisioterapia tem uma aplicação mobile que permite fazer reabilitação motora em casa. O dinheiro será utilizado para acelerar o desenvolvimento das terapias digitais e o crescimento global da empresa.

A tecnologia desenvolvida pela Sword Health utiliza sensores de movimento de alta precisão com recurso a inteligência artificial, de maneira a permitir aos pacientes fazerem sessões de fisioterapia em casa. A plataforma dá ainda acesso a feedback em tempo real.

“Neste momento há uma falha na nossa capacidade enquanto sociedade desenvolvida de fornecer serviços de fisioterapia de alta qualidade e intensidade. O nosso terapeuta digital permite a democratização do acesso a uma fisioterapia de alta qualidade aos pacientes, no conforto de sua casa”, explica em comunicado Virgílio Bento, CEO e fundador da empresa.

Do ponto de vista dos investidores, Guy Geldhof, partner na Vesalius Biocapital III, afirma que “a Sword Health tem potencial para revolucionar a fisioterapia e temos o prazer de apoiar o Virgílio Bento e a sua talentosa equipa na sua próxima fase de crescimento”.

O produto oferecido pela Sword Health, denominado Phoenix, tem tido bastante recetividade junto de clínicas do setor de fisioterapia. Prova disso é o facto de estar a ser atualmente utilizada por profissionais dos EUA, Canadá, México, África do Sul, Japão, Austrália.

Comentários