A Viable Report, plataforma criada por Jaime Parodi Bardón e Manuel Azevedo Coutinho, é uma das seis start-ups finalistas dos MBA Awards 2016, na categoria de MBA Entrepreneurial Venture Award.

Há  uma start-up portuguesa nomeada para os MBA Entrepreneurial Venture Awards 2016: a Viable Report. Os galardões distinguem os melhores projetos de empreendedorismo do mundo saídos de um MBA e é a segunda vez que uma empresa portuguesa está nomeada.

Manuel Azevedo Coutinho e o espanhol Jaime Parodi Bardón são os fundadores da Viable Report, uma ferramenta online que ajuda os investidores a encontrar, avaliar e selecionar automaticamente as start-ups empreendedoras utilizando uma série de parâmetros de avaliação e poupando tempo e dinheiro ao mesmo tempo que maximiza as oportunidades.

“A ideia para a Viable surgiu durante o The Lisbon MBA após um estágio feito na empresa de comércio eletrónico Gleam. Foi aí que vi que a quantidade de projetos que era preciso avaliar consumia demasiado tempo e recursos à empresa”, conta Jaime Parodi Bardón, CEO da start-up. “Convidei o Manuel, um colega do MBA, para juntos lançarmos a Viable. É, por isso, muito relevante para nós vermos o nosso projeto ser reconhecido pelos prémios da AMBA [Association of MBAs]”, acrescenta.

Esta é a segunda vez que um projeto do The Lisbon MBA é nomeado para os MBA Awards. Os vencedores da última edição foram os fundadores da Zaask, Luís Pedro Martins e Kiruba Eswaran. Os resultados da edição de 2016 serão conhecidos dia 20 de janeiro em Londres. O The Lisbon MBA, além de uma parceria entre a Católica Lisbon School of Business & Economics e a Nova School of Business & Economics, inclui ainda uma associação com a MIT Sloan School of Management.

 

Comentários