A Winnow é uma start-up focada em diminuir o desperdício alimentar do setor da restauração e que, por consequência, ajuda as empresas desta área a aumentarem a sua responsabilidade social.

Segundo as estimativas da Winnow, há um desperdício global anual de cerca de 830 mil milhões de euros em comida por parte do setor alimentar. Colocando a situação noutra perspetiva, as Nações Unidas estimam que para acabar com a fome no mundo seriam apenas precisos 25 mil milhões de euros. Com isto em mente, a Winnow desenvolveu um programa que ajuda os restaurantes a perceberem a quantidade de comida desperdiçada e a convertê-la em cifrões. Com esta tecnologia, no final de cada dia os gerentes dos espaços de restauração vão saber exatamente quanto é que desperdiçaram em peso e em dinheiro.

O IKEA é uma das empresas que usa este tipo de tecnologia e os números apresentados pela multinacional são alarmantes. Em apenas oito meses, a start-up ajudou o IKEA a poupar o equivalente a 350 mil refeições, o que significa uma poupança de perto de 750 mil euros.

Ylva Magnusson, relações públicas da multinacional sueca, referiu à CNN que a possibilidade “de visualizar o desperdício em peso e poder converter isso em quanto é que perdemos em vendas é importante para nós”, acrescentando ainda que a tecnologia “ajuda a fazer ajustes para sermos mais eficientes a prever e a planear menus e volumes” de comida.

A tecnologia da balança disponibilizada pela Winnow pede aos funcionários para selecionarem que tipo de comida estão a deitar para o lixo. Depois disto, um tablet mostra aos funcionários uma estimativa de quanto é que se está a desperdiçar por ano e qual o impacto ambiental associado.

A Winnow referiu à CNN que ajudou os seus 400 clientes a pouparem um total de 6,7 milhões de euros. No que diz respeito ao impacto ambiental, foram “salvas” 2600 toneladas de comida, que equivalem a mais de 6.5 milhões de refeições.

 

Comentários