A start-up do mês de abril foi eleita pelo Parque Tecnológico de Óbidos. A Newoxygen é especialista no desenvolvimento e implementação de soluções de software.

“Trazemos novo oxigénio ao seu negócio”. Este é o slogan da Newoxygen, uma start-up incubada no Óbidos Parque – Parque Tecnológico de Óbidos.

O “novo oxigénio” vem do facto da Newoxygen acrescentar soluções para empresas que já têm os seus negócios estabelecidos. Com o projeto a crescer exponencialmente – sobretudo no último ano -, esta start-up é um exemplo de que, se dermos uso à tecnologia, há sempre algo a melhorar em qualquer projeto.

Paulo Sábio e Tomé Cordeiro, cofundadores do projeto, descreveram-nos que “é possível desenvolver algo de inovador não só a partir de uma necessidade evidente, mas também de algo já existente. Não vamos inventar a roda, mas podemos dar-lhe uma utilização inovadora”, acrescentando ainda que utilizam “a tecnologia para influenciar e interagir com o mercado de forma a atingir objetivos de negócio. Somos especializados no desenvolvimento e implementação de soluções de software centradas na experiência do utilizador. Move-nos um objetivo muito simples: acrescentar valor à atividade das empresas nossas clientes, apostando, nesse sentido, em soluções orientadas para os resultados”.

Start-up do mês: Newoxygen - novo oxigénio para as empresas

A equipa da Newoxygen já conta com mais de 22 membros.

Estas respostas incidem em áreas como business intelligence, produtos mobile, marketing interativo, sistemas de informação e comunicação digital. Com uma lista extensa de serviços, a Newoxygen, que já tem uma equipa de 22 pessoas, desenvolveu uma metodologia de trabalho para conseguir responder com eficácia aos seus clientes.

“Somos metódicos. Baseamo-nos em sprints, que começam com uma reunião de planeamento. Nessas reuniões identificamos as tarefas para o sprint, e estabelecemos compromissos quanto ao objetivo. Segue-se uma reunião de revisão, acompanhamento e avaliação do progresso e timeline do projeto”, afirmam os cofundadores.

A Newoxygen funciona em diferentes empresas e setores de atividade. Exemplo disso são a Empresa Águas do Arieiro (EAA), detentora da marca Fastio, e a Fundação Eugénio de Almeida.

Atualmente, a start-up está a apostar numa solução integrada para o setor da fruta, com o objetivo de aportar valor às empresas da região ligadas à produção de pera rocha e maçã de Alcobaça.

É ainda de salientar o facto da Newoxygen ter sido distinguida nos Prémios Millennium Horizontes, onde foi destacada como uma das 10 empresas mais inovadoras do país.

Comentários