Spotify quer dar música ao presidente cessante. Mas há duas start-ups portuguesas que também se lançaram na corrida pelo recrutamento de Barack Obama.

O Spotify quis contratar Obama como o “presidente das playlists”. A powerUpp fez a oferta e avançou logo com um email profissional. E como não há duas sem três, a Swonkie juntou-se agora à corrida por Obama.

O Spotify escreveu: “O candidato terá de ter pelo menos ‘oito anos de experiência a presidir uma conceituada nação’ e ‘novas ideias para playlists, como por exemplo, uma para atirar cestos com os amigos, à playlist de aquecimento para discursar perante uma nação sobre a legislação da saúde”.

Já a powerUpp confessa que “Há dois anos quando ninguém sabia de nós, já tínhamos tudo planeado”. Em outubro do ano passado, a powerUpp partilhou a mensagem que enviou, por email, ao então ainda presidente, tendo feito questão de lhe criar um email profissional:

Olá, senhor Presidente!
Sabemos que vai de férias por um tempo. Mas temos uma vaga para si logo que esteja de regresso. O seu novo endereço de email é: barack@powerupp.co.
Ps. Há uma grande probabilidade de se sentir 30 anos mais jovem.

Mais tarde reforçou o convite, após a entrada do Spotify na corrida.

Caro Barack Obama,
Sabemos que os bons elementos têm muitos olhos postos em cima e sabíamos que este dia poderia chegar.
Tem as características essenciais para trabalhar na powerUpp e temos a certeza que, após oito anos na presidência dos Estados Unidos, este é o desafio ideal para si.
Aqui acreditamos no valor das pessoas – mais do que nos seus diplomas – e queremos fazer sobressair esse valor no meio profissional.
Também somos adeptos e praticantes do “Yes, We Can!”. Aqui, nada é impossível. Por isso, sabemos que nos vamos dar bem.
O Mundo ainda precisa de si e queremos que continue a dar o seu contributo através da powerUpp.
E aqui também ouvimos boa música!
Já criamos o seu endereço de email: barack@powerupp.co. Aguardamos ansiosamente novo contacto.

A Swonkie avançou agora com outra alternativa de emprego para Barack Obama. Para os fundadores, a explicação é simples, “fruto da estratégia de implementação e crescimento do Swonkie no mercado norte-americano, Obama parece ser o melhor Community Manager que podemos ter na nossa Equipa”.

Para tal lançaram um manifesto em hiringobama.com para contratarem o ex-presidente dos EUA.

A Swonkie foi criada por um jovem de 17 anos e um desempregado de 29, um em Portugal e outro em Inglaterra.  “Quando olhamos para esta Start-up, tinha tudo para dar errado, e a jornada veio mostrar, hoje, que tem tudo para dar certo”, referem. Cedo perceberam das dificuldades que tinham de enfrentar, procuraram os primeiros apoios e perceberam que o «não» existe mais vezes no dicionário que o «sim». Mas “O sonho comanda a vida não é?”, referem, afirmando que estão a aguardar pela decisão de Barack Obama.

Comentários