Instalada em Viseu, mas com visão nacional, a empresa de decoração de interiores procura um investidor que ajude a expandir o negócio.

Apesar de não ter formação académica na área da decoração, Cláudia Rodrigues sempre teve paixão por este setor de atividade e, por isso, em abril do ano passado decidiu colocar o sonho em prática. Deixou a empresa onde trabalhava, adquiriu um projeto de decoração já existente no mercado e lançou a Designing Dreams.

Embora atue essencialmente na área da decoração de interiores, os serviços disponibilizados pela empresa são muito abrangentes e vão desde projetos 3D, a consultoria de decoração, acompanhamento de obra (no que toca a interiores), licenciamento de obra de interiores, venda de mobiliário à medida, restauro… em suma, uma panóplia de serviços direta e indiretamente ligados à decoração.

Tem como público alvo a classe média/alta uma vez que, por exemplo, o mobiliário à medida é mais dispendioso que o standartizado, explica a responsável. Mas o foco de atuação vai além dos clientes particulares já que aposta igualmente no setor empresarial, nas empresas que querem alterar os seus espaços de trabalho.

A funcionar na região de Viseu, e com a produção feita na zona Norte do país, a empresa tem uma visão estratégica mais ampla e quer fazer projetos e vender os seus produtos a nível nacional.

Investidor para aumentar negócio
Com uma estrutura pequena, de apenas três profissionais – uma arquiteta de Interiores, uma assistente de venda, e uma gestora que também assegura a parte comercial – a empresa ambiciona crescer no mercado nacional. Depois desse objetivo alcançado, pretende ir para o mercado internacional, concretamente para outros mercados europeus.

Como em qualquer negócio, conquistar clientes têm sido a principal dificuldade. O facto de não ter produção própria, o que faz com que os preços não sejam tão competitivos como a sua criadora gostaria, tem sido uma das dificuldades para um crescimento mais rápido e estruturado. Por isso, apostar na área comercial com o objetivo de reforçar a reforçar a carteira de clientes é um dos próximos passos que a empresa pretende dar para continuar o seu percurso de crescimento. Nesta medida, a responsável deste projeto de decoração está a apostar na captação de um investidor, preferencialmente alguém que tenha know-how nesta área de negócio, com capacidade financeira que permita colocar em prática o plano de crescimento.

Resumo
Responsável: Cláudia Rodrigues
Área: Decoração de interiores
Mercado: Nacional
Necessidade: Investidor /Parceiro
Contactos: decoracoesviseu@gmail.com

Comentários