Promover o empreendedorismo qualificado e apoiar os empreendedores na criação ou consolidação de novas empresas num dos concelhos da Região do Médio Tejo é o desafio que o projeto EMPREENDER+ abraçou.

Dinamizado pela NERSANT (Associação Empresarial da Região de Santarém), e cofinanciado pelo Centro 2020, este projeto vai atribuir 16 bolsas a jovens empreendedores “qualificados detentores de projetos qualificados e criativos, oriundos do meio académico, no sentido de virem a criar novas iniciativas empresariais”.

As bolsas têm a duração de três meses e valores mensais distintos: 700 euros se o candidato for licenciado; 950 euros de for mestre; e 1200 euros se tiver o grau académico de doutor.

Além destas bolsas, os empreendedores escolhidos ainda têm acesso à pré-incubação física para desenvolverem o projeto, em regime de co-working, na sede da Nersant; após o início de atividade, e durante um período de seis meses, ainda têm acesso a incubação virtual: à participação num programa de aceleração; e se o projeto se enquadrar participar no NERSANT BUSINESS.

As candidaturas ao projeto EMPREENDER+ estão a decorrer até dia 30 de novembro.

Comentários