Associado à missão da Turismo Centro de Portugal que, resumidamente, consiste na valorização das potencialidades turísticas do seu território e na promoção interna e no mercado interno alargado dos destinos turísticos regionais, existe um conjunto de outras atribuições previstas nos seus estatutos. Entre estas, encontra-se a monitorização da atividade turística regional e sub-regional, com o intuito de contribuir para um melhor conhecimento integrado do setor.

Mais recentemente, no âmbito do conjunto de objetivos definidos no Plano de Ação Turismo 2020 para a região Centro, foi decidido o “desenvolvimento de um Observatório do Turismo, orientado pelas diretrizes do European Tourism Indicator System for Sustainable Destinations”.

É evidente que o conhecimento da realidade do turismo, um setor transversal que depende de uma multiplicidade de fatores e que, por essa caraterística, está sujeita a assinalável volatilidade, é fundamental no planeamento e na gestão dos destinos turísticos, de modo a que as intervenções públicas sejam eficientes e eficazes, tendo em conta os recursos que são alocados às ERT.

Também para as empresas é essencial que o conhecimento integrado dos fluxos turísticos seja atualizado e específico, para que possam desenvolver os seus planos de negócio – e adaptar-se às novidades constantes – com recurso a toda a informação que permita tomar as decisões mais adequadas à sua estratégia.

Existe uma necessidade generalizada da existência de um sistema de monitorização da atividade turística, baseada em indicadores fiáveis e abrangentes, desejavelmente desenvolvida através da auscultação regular a todos os atores (turistas/visitantes, empresas, comunidade residente, associações e autarquias), de modo a suprimir a escassez de informação existente. Esta limita-se, atualmente, a dados macroeconómicos parciais e a estudos específicos avulsos, com a agravante de, no caso das realidades sub-regionais e municipais, a informação disponibilizada ser referente ao ano de 2015.

Neste enquadramento, foi considerada prioritária, no Plano de Atividades de 2017 da TCP, a implementação de um Observatório do Turismo que se pretende que constitua uma importante ferramenta de apoio à gestão dos destinos. Baseado em indicadores de gestão apropriados, dotará a região Centro de Portugal de um instrumento de gestão valiosíssimo, permitindo conhecer, em tempo real, a evolução da atividade turística em toda a região, bem como a performance efetiva dos vários subsetores do turismo em cada um dos cem concelhos que integram a região.

Este projeto foi candidatado ao Centro 2020 em agosto de 2016, merecendo aprovação do órgão de Gestão em novembro do mesmo ano. Foi anunciado publicamente a 24 de maio, antecedendo o desenvolvimento dos primeiros contactos com os municípios da região Centro de Portugal, que serão parceiros fundamentais na definição das vertentes de estudo, que serão flexíveis em razão do território que estiver a ser analisado.

O Observatório do Turismo do Centro de Portugal será uma referência em termos de idoneidade e excelência na recolha de informação e monitorização da atividade turística do Centro de Portugal.

Pretende-se que este projeto seja desenvolvido em colaboração com as universidades e institutos politécnicos da região Centro de Portugal, para além de pressupor a colaboração direta das empresas, através de um conselho consultivo empresarial.

Com este Observatório, uma vez implementado, a TCP promoverá o conhecimento da atividade turística (a sua análise, divulgação e acompanhamento da evolução) de forma independente e responsável, garantindo a idoneidade da sua produção técnico-científica, de modo a contribuir para o aumento da competitividade e para o desenvolvimento de um turismo sustentável na região Centro de Portugal.

Comentários

Sobre o autor

Pedro Machado

Pedro Machado é Presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal desde 2013. Doutorado em Turismo, pela Universidade de Aveiro, é Mestre em Ciências de Educação, na Área de Especialização - Psicologia Educacional, pela Faculdade de Psicologia e... Ler Mais