Chama-se Lobby e apresenta-se como uma produtora de cinema, televisão, publicidade e conteúdos interativos, tudo com tecnologia de ponta.

Com um portefólio que vai da produção de cinema à publicidade, filmes corporativos, séries de televisão ou filmes 360º, a Lobby posiciona-se como uma Full Service Production House. A todas estas áreas de intervenção junta ainda serviços de pós-produção e um know how de peso no universo da realidade virtual e realidade aumentada.

Como explicou Telmo Martins, CEO, diretor criativo e realizador da Lobby, a empresa tem no currículo trabalhos para marcas como SIC, TAP, Portugal Telecom, Licor Beirão, Sagres, Multiópticas, Toyota, Caixa Geral de Depósitos, Lacticínios dos Açores, Tagus, Santàl, Grants, Lusomundo, Unicef, Lexus, Coca-Cola ou Bial, entre muitas outras. Neste momento, com uma equipa de 30 colaboradores e muitos projetos em agenda, a Lobby necessita de network, internacionalização e de novos e maiores clientes.

Da UBI para o mundo
O projeto Lobby deu os primeiros passos ainda na universidade, concretamente na Universidade da Beira Interior (UBI), onde os sócios e restantes colaboradores do núcleo principal da produtora estudavam. Já nessa altura, tentavam trabalhar de forma profissional e agir como uma empresa. “Olhávamos sempre para cada trabalho proposto pelos professores como um desafio profissional e empresarial”, explica Telmo Martins.

Terminada a formação académica, surgiu a possibilidade de constituíram uma empresa e ficarem no espaço do Parkurbis-Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã, que na altura acabava de ser inaugurado. Hoje passados 11 anos de atividade, ainda é ali que os quatros sócios se mantêm com instalações de produção, edição e pós-produção e uma equipa fixa de profissionais especializados. Mas há dois anos deram mais um passo estratégico e abriram um espaço em Lisboa.

Atualmente, para além dos projetos que desenvolve em Portugal, Inglaterra, Espanha, Kuwait, Rússia, Suíça, Brasil Angola e Cabo Verde, a Lobby também está a apostar em força no mercado do Médio Oriente, sobretudo em países como os Emirados Árabes Unidos e o Qatar. “Nunca deixando para trás Portugal, onde queremos ser vistos como uma das melhores e mais importantes produtoras nacionais”, frisou Telmo Martins. “Somos das poucas empresas no mundo com elevada experiência e know how na área da realidade virtual e filmes 360.º”, acrescentou.

Apesar dos planos de expansão, o CEO da produtora não deixa de destacar algumas das dificuldades que encontra pelo caminho. “O mercado é muito organizado em grupos, eo esforço para entramos nesses grupos é gigante. Mesmo sendo a Lobby uma empresa com know how único, é necessária uma rede de contactos muito forte que demora muito tempo a conseguir. Existe ainda também a falta de visão de futuro em muitas empresas e empresários, mesmo quando ela é evidente”.

Os próximos passos da produtora passam por fortalecer a rede de contactos em Portugal, de forma que lhe permita chegar a novos clientes e reforçar a internacionalização.

Resumo:
Responsável: Telmo Martins, CEO/diretor criativo/realizador
Área: Cinema, televisão, publicidade, conteúdos interativos
Produto: Produção, pós-produção, experiências interativas
Mercado: Nacional e internacional
Necessidade: Network, internacionalização, novos e maiores clientes.
Contacto: telmomartins@lobbyproductions.com

Comentários