Há um livro que tanto Bill Gates como Warren Buffett acreditam ter trazido luz aos seus negócios.

Bill Gates e Warren Buffett, dois dos homens de negócios mais bem-sucedidos da atualidade, apontam o livro “Business Adventures” do jornalista financeiro John Brooks, como uma leitura que os iluminou sobre o mundo dos negócios. Bill Gates refere mesmo tratar-se do melhor livro de negócios que já leu.

Mas porquê este livro em especial? Trata-se de uma publicação de não-ficção lançada em 1969, quase há meio século, que traça a história do mundo dos negócios e das finanças dos EUA, delineando os maiores e os piores momentos de todos os tempos.

Segundo o Inc, o que torna este livro diferente é o facto de, ao longo de cada um dos 12 casos que apresenta, de uma forma abrangente e detalhada, Brooks mergulha numa profunda análise do que correu bem e do que correu mal em cada um desses negócios.

Entre os eventos abordados neste livro encontra-se o caso do Texas Gulf Sulphur ou a crise bolsista de 1962. O evento que Bill Gates destaca como um dos que foram mais importantes para si foi o da ascensão e queda do império Xerox na década de 1960, em que, embora tenha tido grande sucesso, conseguiu ser superado pelos concorrentes na década seguinte, devido à falta de inovação.

O próprio Bill Gates enfatizou a importância da constante e dinâmica inovação, para permanecer na curva da onda, o que atribui como o fator responsável por alguns dos sucessos da Microsoft.

Ficha técnica:

Título: Business Adventures -Twelve Classic Tales from the World of Wall Street
Autor: John Brooks
ISBN: 978-1497644892
Edição: 08-2014 (reimpressão)
Editor: Open Road Media
Idioma: Inglês
Tipo: Capa mole
Páginas: 464

Comentários