“Um livro para quem faz, para quem inspira e para quem quer fazer”. Assim se define o livro que este mês chegou às livrarias, da autoria da jornalista Mariana de Araújo Barbosa.

Do que fala
O que é um fazedor? Como criar e viabilizar uma ideia de negócio? Como seleccionar ajuda e procurar investimento? Qual a melhor maneira de chegar às pessoas? Como falhar e voltar a tentar? Estas são algumas das muitas questões que Mariana de Araújo Barbosa aborda no seu Livro dos Fazedores que este mês chegou às livrarias nacionais, numa edição da Self.

Quem responde são os protagonistas do livro, que através das suas experiências, sempre contadas na primeira pessoa, falam dos processos por que passaram, desde a ideia até à prática. São os casos das histórias vividas por start-ups como a Feedzai, a Uniplaces, a Talkdesk, a Codacy ou A Padaria Portuguesa, cujos protagonistas partilham as suas dicas para fundar ou pensar uma start-up.

O Livro dos Fazedores assume-se como um manual para aqueles que querem aprender com quem já fez, uma ferramenta de trabalho numa altura em que Portugal vive momentos intensos a nível empresarial.

Quem escreveu
Natural de Coimbra, Mariana de Araújo Barbosa, 33 anos, estudou Ciências da Comunicação na Universidade Nova, em Lisboa, e desde 2007 que trabalha como jornalista.

Escreve histórias de Fazedores desde 2011. Histórias de gente que pensa, planeia e cria negócios. A autora de O Livro dos Fazedores assume-se como “devoradora de histórias de pessoas, de fábricas, de mercados, de revistas e de pequenos-almoços”. É curiosa acerca do destino, mas, sobretudo, atenta ao caminho. Acaba sempre por regressar, mas “está sempre no ir”. Acredita cada vez mais em unicórnios.

Mariana de Araújo Barbosa começou a sua atividade profissional com um estágio na redação da TSF, passou pela redação do Rádio Clube Português e da revista Actualidade-Economia Ibérica. Em 2009, integrou a redação fundadora do diário i. e dois anos mais tarde integrou a equipa fundadora do Dinheiro Vivo.

Mudou-se para Buenos Aires, Argentina, em 2013, para fazer o mestrado em jornalismo e trabalhar na redação do La Nación. Depois disso, em 2014, coordenou a revista literária Estante e, no mesmo ano, juntou-se às Chicas Poderosas, um movimento de empoderamento feminino em jornalismo e comunicação, do qual, em 2016, se tornou embaixadora em Portugal. Entretanto, passou pela redação da Propublica, em Nova Iorque, e voltou a Portugal onde integra a equipa fundadora do ECO – Economia Online como editora de Empresas.

Temas Chave
Empreendedorismo, empresas, inovação, start-ups

Ficha Técnica
Título: O Livro dos Fazedores
ISBN: 9789898853424
Edição: outubro 2018
Editor: Self
Idioma: Português
Encadernação: Capa mole
Páginas: 136

Comentários