A internacionalização das empresas portuguesas é uma necessidade assumida por muitos. Com um mercado reduzido, o pensar as empresas portugueses a nível global assume-se como algo que é repetido um pouco por todos os aceleradores.

Do que fala

O que falta então a uma empresa portuguesa para desenvolver uma correta estratégia de internacionalização? Falta-lhe saber como se vai, e para onde se vai! Saber quais os produtos que deve vender. Quais são os Mercados que deve abordar. Saber como deve construir o seu approach comercial e o argumentário, ter ideias claras sobre “como construir a sua oferta de Valor”. Visualizar onde terá de se posicionar, como Empresa, como produto e como Marca. E, mais importante que tudo, saber quanto vai vender. E quanto deseja ganhar!

Quem escreveu

Carlos Lacerda é diretor de Negócios Internacionais do Grupo CH, integrando também a comissão executiva do Grupo. Licenciado em Engenharia e Gestão Industrial e pós-graduado em Economia das Organizações, possui ainda o MBA em Alta Direcção de Empresas da AESE.

Foi diretor de exportação e contract manufacturing da Imperial Produtos Alimentares SA, do Grupo RAR, tendo assumido ao longo de mais de 20 anos assumiu cargos como chief export manager e direção-geral e operações, na Productos J. Jimenez SA, Espanha, grupo internacional do Setor de Chocolates, assessor do conselho de administração da Agro Industrial Nordeste, diretor da área comercial na Beira Lamego Agroalimentar, entre outros. Foi presidente da Associação Comercial e Industrial de Lamego e presidente do Conselho Fiscal do IFDEP, Instituto para o Fomento e Desenvolvimento do Empreendedorismo em Portugal.

Temas-chave

Empresas; Negócio; Internacionalização

Ficha técnica

Título: More Than That: A Internacionalização das Empresas Portuguesas
ISBN: 978 989 7743 146
Edição: 03-2017
Editor: Chiado
Idioma: Português
Tipo: Capa mole
Páginas: 172

Comentários