Estabelecer parcerias com alguns dos mais importantes importadores e com empresas exportadoras nacionais são os objetivos da Lactaçores para os próximos meses.

A Lactaçores é formada pela associação de quatro cooperativas: a CALF, a Lactopico, a Unileite e a Uniqueijo; que representam cada ilha do arquipélago açoriano e que fornecem os lacticínios mais tradicionais de cada região.

“Somos uma união de cooperativas produtoras de laticínios dos Açores e comercializamos em exclusivo os produtos originários das ilhas do arquipélago, feitos de saberes genuínos e produzidos de acordo com elevados parâmetros de segurança alimentar”, explica a empresa no seu site oficial.

Com uma vasta gama de produtos, a Lactaçores surgiu em 2004 com o objetivo de promover e de dar força de venda aos produtos originários dos Açores. A Lactaçores comercializa essencialmente produtos lácteos, nomeadamente leite e natas, queijos e manteiga, através da distribuição, da armazenagem e do apoio logístico.

Segundo João Cunha, diretor geral da Lactaçores, os produtos da União de Cooperativas Agrícolas de Lacticínios de São Jorge, UCRL – UNIQUEIJO são a grande aposta da empresa e fazem parte da sua estratégia de expansão para outros países. Entre os produtos que a Uniqueijo comercializa encontram-se o Lourais (obtido de leite cru de vaca – 2 meses de cura no mínimo), o Queijo São Jorge DOP (mínimo: 3, 4 e 7 meses de cura), o Queijo Ilha Topo (mínimo 3 meses de cura), o Queijo olha Rolo (mínimo 3 meses de cura), o Queijo Ilha Beira (obtido de leite cru; mínimo 2 meses de cura) e o Queijo Ilha São Jorge ralado (mínimo 3 meses de cura).

Alguns destes produtos já foram distinguidos como é o caso do Queijo São Jorge DOP que recebeu o Prémio 3 Estrelas no Concurso Great Taste Awards Portugal 2016 e a Medalha de Ouro no Concurso Nacional de Queijos Tradicionais Portugueses 2016.

Ao Link To Leaders, João Cunha referiu que “estamos de momento a tentar trabalhar com maior foco no mercado da Europa e nos mercados onde existe maior consumo de queijo (países Nórdicos e da América do Norte). Estamos a tentar fazer uma aposta global no setor do queijo”.

Neste sentido, a empresa procura agora estabelecer parcerias de forma a dar visibilidade aos seus queijos não só no mercado nacional, como também internacional e a incrementar as vendas.

 

Resumo:
Responsável: João Cunha (diretor comercial)
Área: Alimentar – lacticínios
Produto: Queijos
Mercado: Nacional e internacional
Necessidade: Estabelecer parcerias com importadores e com empresas exportadoras nacionais
Contacto: lactacores@lactacores.pt

Comentários