O fundo irá investir em empresas de tecnologia emergentes que apostem  nas áreas da logística, cadeia de abastecimento, comércio eletrónico e venda direta ao consumidor.

A Kraft Heinz, dona de um império que inclui as marcas Heinz e Philadelphia e que registou, em 2017, 26 mil milhões de dólares (cerca de 23 mil milhões de euros) em vendas, é mais uma empresa a apostar na inovação via venture capital. A empresa direcionou 100 milhões de dólares (aproximadamente 87 milhões de euros) para um fundo que vai investir em empresas de tecnologia emergentes na área de alimentação.

O fundo denominado Evolv Ventures será liderado por Bill Pescatello, um dos fundadores do fundo de private equity Peacock, que resultou de uma parceria entre a GE e a NBC Universal.

O Evolv Ventures pretende investir em empresas que apostem na inovação nas áreas da logística, cadeia de abastecimento, comércio eletrónico e venda direta ao consumidor.

Não é a primeira fez que uma empresa do setor da alimentação investe em venture capital. A General Mills (dona de marcas como Yoki e Häagen-Dazs), através da 301 Inc, a Kellogg, que abriu a Eighteen94 Capital, a Unilever e a Nestlé são disso exemplo.

O Evolv Ventures ainda não tem definidos os seus primeiros investimentos, mas sabe-se que ficará sediada em Chicago, nos Estados Unidos.

Comentários