Este valor é cinco vezes superior ao volume de investimento atual.

A projeção foi feita durante o World Business Angels Investment Forum (WBAF) – um evento dedicado a investidores anjo e a start-ups de todo o mundo – , por Baybars Altuntas, líder da organização,

O presidente do WBAF acredita que dentro de cinco anos o volume de investimentos de business angels vai atingir os 250 mil milhões de dólares (≈220mM€). Atualmente, a injeção de capital de investidores deste género corresponde a cerca de 44 mil milhões de euros, o que significa que, segundo a projeção de Altuntas, o investimento vai quintuplicar nos próximos cinco anos.

O líder da organização referiu à Anadolu Agency – o parceiro oficial de comunicação do evento – que no ano passado, na Europa, houve uma injeção de capital de 9,6 mil milhões de euros por parte de 360 mil  investidores anjo. Já nos Estados Unidos este número foi de aproximadamente 23 mil milhões de euros, distribuídos por 320 mil investidores deste género.

Para além de business angels de todo o mundo, o evento de dois dias que decorreu durante esta semana, em Istambul, recebeu empreendedores, start-ups, representantes de instituições de serviços financeiros e empresas. O foco deste ano foi nos anjos capitalistas que pretendem cooperar com empresas familiares ou com firmas de gestão de ativos.

O investimento por parte dos business angels europeus tem sido uma alavanca para as start-ups do Velho Continente. Um estudo de 2017 indicou que 67% do capital injetado em projetos em fases embrionárias foi feito por estes investidores.

No caso português, há quem acredite que a legislação atualmente em vigor não beneficia a atividade deste tipo de profissionais, visto que houve um aumento na percentagem mínima de participação nas empresas de 5% para 10%. Isto significa que, para não pagarem impostos sobre esse investimento, os business angels precisam de deter 10% de uma start-up – uma percentagem de que muitos empreendedores não estão dispostos a abdicar em fases early-stage.

Leia a entrevista do Link to Leaders a Hugo Mendes, senador no World Business Angels Investment Forum.

Comentários

Sobre o autor