A notícia vem no seguimento de uma parceria das fabricantes automóveis com a Aurora, uma start-up que desenvolveu a tecnologia que vai ser incorporada nos carros das duas marcas.

Tanto a Hyundai como a Volkswagen querem entrar no mercado dos táxis autónomos em 2021. A Volkswagen vai começar a testar os seus carros ainda este ano e, até 2020, a marca alemã quer expandir o teste e planeia colocar milhares de veículos deste tipo em circulação.

Para 2021, ano em que está previsto o lançamento a nível comercial dos táxis autónomos de ambos os fabricantes, a Volkswagen quer incluir o serviço em cinco cidades. Neste aspeto, o plano de lançamento da empresa alemã é semelhante ao das suas concorrentes Ford, General Motors e Waymo.

Em esclarecimentos ao Wall Street Journal, a Hyundai referiu que também está a planear lançar comercialmente uma frota de táxis autónomos no mesmo ano que a Volkswagen.

A tendência do mundo automóvel parece ser clara: para além da construção de carros elétricos, os fabricantes parecem estar a aperceber-se que, num futuro próximo, não vão haver tantos proprietários de carros devido à migração para plataformas de partilha de veículos, o que poderá significar uma acentuada perda de receitas.

Para combater este possível cenário, as grandes marcas estão a construir as suas próprias versões deste novo género de carros, que não precisam de um condutor, mas sim de tecnologia – como a criada pela Aurora – para diminuir os custos e aumentar a sua eficiência.

A Aurora já está a trabalhar com a Volkswagen há mais de seis meses, o que mostra o interesse das grandes marcas por este tipo de tecnologia, que potencia o cenário ambicionado pelas fabricantes automóveis que, ao contrário da Tesla, por exemplo, não têm este tipo de conhecimento desenvolvido dentro das suas equipas.

Comentários