Programa de aceleração de empresas Founder Institute vai distinguir sete empresas tecnológicas no Graduation Pitch Showcase, que terá lugar durante o Get in The Ring Cascais.

O Founder Institute Cascais, a representação local do programa mundial de aceleração de empresas em fase de ideia e de lançamento de start-ups, anunciou que irá distinguir sete novas empresas tecnológicas no próximo dia 27 de março, no Graduation Pitch Showcase, que decorre durante o Get in The Ring Cascais.

Após mais de 84 candidaturas, os founders, como são conhecidos os participantes no programa, foram submetidos a um treino intensivo de quatro meses, composto por diversas tarefas com vista à construção da sua empresa, e receberam mentoria e avaliação regular por parte de mentores de start-ups de topo.

Apenas sete empreendedores foram capazes de obter a distinção de finalistas neste programa que decorreu em parceria com a DNA Cascais. As start-ups que terminaram com sucesso o programa e que serão distinguidas no dia 27 de março são:

NESTO: Uma plataforma que usa uma balança conectada por IoT para melhorar drasticamente a logística do gás engarrafado;

Eguru Delivery Service: A Eguru fornece uma solução crowdsourced de curta distância, de entregas em menos de 60 minutos;

Fitstellar: Permite que os estúdios de Fitness e Yoga comercializam os seus próprios produtos de marca sem terem de se preocupar com a conceção, produção, gestão de stocks ou envio.;

Juristime: Juristime é uma solução automática de monitoramento de tempo desenhada para advogados que visa maximizar o tempo de faturação com simplicidade e transparência;

Printmo: A Printmo permite que as PMEs criem e encomendem embalagens e rótulos profissionais de alta qualidade em pequenas quantidades;

Chop Chop: O Chop Chop é um restaurante online que entrega refeições preparadas por um chef na sua casa ou escritório.

Existe ainda mais uma start-up em “stealth mode” e que deseja permanecer anónima.

Estas start-ups receberam feedback e orientação de alguns nomes conhecidos do ecossistema empreendedor nacional, tais como Pedro Janela (CEO, Grupo WY), Sérgio Bruno Alambre Carvalho (ex-CEO da MegaMedia), João De Sousa Aroso (antigo Director Executivo da Yellow Pages), João Felix (CEO, Mobiag), Luís Pedro Martins (CEO, Zaask), entre muitos outros.

O programa foi apoiado por algumas das principais organizações ligadas ao empreendedorismo, com o objetivo de atrair os melhores empreendedores e projetos.

“O nosso programa capacita os empreendedores para as melhores práticas de inovação de Silicon Valley, permitindo-lhes evitar erros causados pela inexperiência, de forma a que trabalhem intensamente e criem valor num curto espaço de tempo “, referiu Adeo Ressi, fundador e CEO do Founder Institute. “Este é um modelo base de desenvolvimento económico local que é sustentável”, acrescentou.

Sediado em Silicon Valley e com representações por todo o mundo, o Programa de Aceleração de Empresas Founder Institute fornece a estrutura, o suporte de mentores e a rede global de empreendedores necessária para lançar uma empresa de sucesso.

As empresas graduadas pelo Founder Institute incluem start-ups de rápido crescimento nos seis continentes como a Udemy, a Realty Mogul, a Itembase, a goplaceit, a Appota, entre outras.

O próximo programa do Founder Institute tem candidaturas previstas para o final de 2017. Qualquer pessoa interessada em lançar uma empresa pode registar-se para obter informações em http://fi.co/join.

Comentários