O Second Life é o novo serviço da Farfetch que pretende contribuir para a sustentabilidade da indústria.

A plataforma de ecommerce de moda de luxo anunciou ontem o lançamento do Second Life, um programa piloto de revenda de malas de designer. Aqui os clientes poderão trocar as suas malas por crédito para fazer compras na loja online da Farfetch.

Este novo projeto insere-se no Positively Farftech, a nova marca de negócio sustentável da empresa de ADN português, que, segundo comunicado, acredita que está a revolucionar e a reinventar a indústria da moda do futuro, de forma a beneficiar os clientes, as pessoas e o planeta.

Para usufruírem do novo serviço, os clientes têm de submeter informação e fotografias das malas que querem vender em secondlife.farfetch.com. Os artigos são depois avaliados pelos parceiros da Farfetch, que farão uma proposta de preço em apenas dois dias úteis. Caso seja aceite, o cliente agenda um serviço de recolha gratuito.

Depois de receber e verificar o artigo, a plataforma de ecommerce adiciona o valor acordado à conta do cliente – que poderá posteriormente ser utilizado para fazer compras na loja online. O serviço vem no seguimento do crescimento dos mercados de roupa de qualidade em segunda mão.

“A moda de luxo está cada vez mais relacionada com a moda sustentável e a revenda de artigos em segunda mão é uma área de interesse crescente por parte dos nossos clientes. Tal como o mercado de luxo online, o mercado de luxo em segunda mão também está a crescer muito rapidamente e é provável que duplique mesmo nos próximos 5 anos, atingindo os 51 mil milhões de dólares. Um programa de revenda de luxo como o Farfetch Second Life permite-nos entrar de imediato neste mercado e testar o interesse dos clientes da Farfetch neste tipo de serviço”, afirma Giorgio Belloli, chief comercial and sustainability officer da empresa liderada por José Neves.

A iniciativa foi desenvolvida com um dos parceiros do programa de aceleração tecnológica Dream Assembly, e, por agora, os clientes podem revender malas de 27 marcas.

Comentários