Este ano, o programa de aceleração está focado na sustentabilidade. As  candidaturas podem ser efetuadas até dia 3 de março.

A segunda edição do “Dream Assembly”, programa de aceleração criado em abril do ano passado pela Farfetch, iniciou agora a fase de candidaturas.

A edição de 2019 centra-se na sustentabilidade. O desafio do programa tem como target as start-ups em estágio inicial e com propostas para mudar o futuro do comércio, “com especial interesse” em projetos que apresentem benefícios sociais ou ambientais relevantes, refere a empresa em comunicado.

O programa, que se inicia em Lisboa, terá a duração de 10 semanas. As empresas selecionadas estarão sediadas em Lisboa na maior parte do tempo, mas também viajarão para os escritórios de Londres e do Porto durante algumas semanas especificas do programa.

Durante o programa, as start-ups participarão numa série de workshops, palestras e reuniões de orientação e mentoria em áreas como marketing, tecnologia, logística, operações ou ecommerce.

Também serão convidados para eventos especiais da Farfetch, o que lhes proporcionará oportunidades de networking com uma vasta comunidade de tecnologia de moda e de investidores.

A conclusão do programa “Dream Assembly” está prevista para junho, em Londres, com um demo day, durante o qual os candidatos apresentarão os projetos a potenciais investidores. Na edição do ano passado, recorde-se, o programa recebeu 11 start-ups de nove países.

 

Comentários