Investir e criar oportunidades no ecossistema de start-ups indiano é uma das apostas do Facebook para o ano que agora se inicia.

Em sintonia com a campanha governamental indiana para promover e dinamizar as start-ups do país, o Facebook divulgou também a sua intenção de criar oportunidades e investimento no ecossistema indiano de start-ups ao longo deste ano.

Atento à nova geração de start-ups, cheias de potencial, que está a proliferar na Índia, compromete-se a ajudar a criar um ambiente com mais oportunidades para este tipo de empresas, a procurar talentos e a investir em ferramentas digitais de futuro.

Recentemente, o Facebook anunciou um programa de aceleração para ajudar as start-ups, investigadores e estudantes de tecnologia da Índia a construírem produtos com base em novas tecnologias. O foco, segundo os responsáveis locais desta rede social mundial, será apoiar as pequenas empresas, em especial as que são dirigidas por mulheres.

Através de iniciativas como SheMeansBusiness e SheLeadsTech, o Facebook visitou 18 cidades, em seis estados da Índia, proporcionando competências a mais de 14 mil pequenas empresas, incluindo 12 mil mulheres empresárias em todo o país.

O SheLeadsTech, por exemplo, é um programa que permite o acesso de start-ups fundadas ou co-fundadas por mulheres, durante um ano, a ferramentas, mentoria e diversos recursos de forma a superarem barreiras e a construírem um negócio na área da tecnologia bem-sucedido.

Comentários