Estas empresas já estiveram no topo, mas acabaram por anunciar a sua morte em 2018. Conheça a sua valorização e os valores que chegaram a angariar.

A esperança média de vida de uma start-up é curta. Em Portugal, segundo os mais recentes dados da Informa D&B, ao fim de um ano, duas em cada três start-ups sobrevivem. Ao fim de sete, só um terço, de todas as novas empresas, resiste. Os números não são diferentes em Silicon Valley, a meca do empreendedorismo. E mesmo quando há capital envolvido, nem sempre é suficiente para um projeto evitar o falhanço e ter de fechar portas.

O Business Insider publicou uma lista com as 25 maiores start-ups norte-americanas que declararam falência em 2018. As informações foram catalogadas pela PitchBook, empresa de pesquisa que fornece dados sobre mercados de capital privado.

Entre as empresas da lista, sete são do setor de saúde. A Theranos, que lidera o ranking, chegou a valer mais que todas as outras 24 empresas juntas. Também temos três start-ups que foram fundadas ainda na década de 1990, o que prova que o tempo de mercado não garante estabilidade.

1. Theranos – tecnologia de teste sanguíneo
Fundada em: 2003
Valorização máxima: 9 mil milhões de dólares (7,8 mil milhões de euros)
Valor angariado: 910 milhões de dólares (796 milhões de euros)

2. Lytro – câmaras de campo de luz de espectro total
Fundada em: 2006
Valorização máxima: 360 milhões de dólares (315 milhões de euros)
Valor angariado: 202 milhões de dólares (177 milhões de euros)

3. Videology – software de publicidade para TV e vídeo
Fundada em: 2007
Valorização máxima: 311 milhões de dólares (272 milhões de euros)
Valor angariado: 233 milhões de dólares (204 milhões de euros)

4. Rethink Robotics – robôs para a indústria de manufatura
Fundada em: 2008
Valorização máxima: 291 milhões de dólares (254 milhões de euros)
Valor angariado: 150 milhões de dólares (131 milhões de euros)

5. Shyp – plataforma de entrega sob pedido
Fundada em: 2013
Valorização máxima: 275 milhões de dólares (241 milhões de euros)
Valor angariado: 62 milhões de dólares (54 milhões de euros)

6. ItsOn – plataforma baseada em nuvem para serviços móveis inteligentes
Fundada em: 2008
Valorização máxima: 243 milhões de dólares (213 milhões de euros)
Valor angariado: 41 milhões de dólares (36 milhões de euros).

7. Airware – análise de drones
Fundada em: 2011
Valorização máxima: 59 milhões de dólares (52 milhões de euros)
Valor angariado: 104 milhões de dólares (91 milhões de euros)

8. Medical Simulation – produtos para simulação e treino médico
Fundada em: 1998
Valorização máxima: 194 milhões de dólares (170 milhões de euros)
Valor angariado: 55 milhões de dólares (48 milhões de euros)

9. ReVision Optics – implantes cirúrgicos para perda de visão
Fundada em: 1996
Valorização máxima: 183 milhões de dólares (160 milhões de euros)
Valor angariado: 175 milhões de dólares (153 milhões de euros)

10. Fallbrook Technologies – tecnologia de mudança de marcha automática para bicicletas elétricas
Fundada em: 1998
Valorização máxima: 169 milhões de dólares (148 milhões de euros)
Valor angariado: 171 milhões de dólares (150 milhões de euros)

11. Primary Data – plataforma de software de automação
Fundada em: 2013
Valorização máxima: 150 milhões de dólares (131 milhões de euros)
Valor angariado: 89 milhões de dólares (78 milhões de euros)

12. Candescent Health – software de radiologia
Fundada em: 2009
Valorização máxima: 145 milhões de dólares (127 milhões de euros)
Valor angariado: 94 milhões de dólares (82 milhões de euros)

13. Paieon – tecnologia de imagiologia médica
Fundada em: 2000
Valorização máxima: 136 milhões de dólares (119 milhões de euros)
Valor angariado: 34 milhões de dólares (30 milhões de euros)

14. Alphabet Energy – geradores termoelétricos
Fundada em: 2009
Valorização máxima: 118 milhões de dólares (103 milhões de euros)
Valor angariado: 78 milhões de dólares (68 milhões de euros)

15. Winx – sistemas de terapia do sono
Fundada em: 2007
Valorização máxima: 115 milhões de dólares (101 milhões de euros)
Valor angariado: 77 milhões de dólares (67 milhões de euros)

16. EZhome – serviços para manutenção de relva baseados em assinaturas
Fundada em: 2014
Valorização máxima: 102 milhões de dólares (89 milhões de euros)
Valor angariado: 20 milhões de dólares (17 milhões de euros)

17. Navdy – ecrãs de visão melhorada para automóveis
Fundada em: 2012
Valorização máxima: 100 milhões de dólares (87 milhões de euros)
Valor angariado: 80 milhões de dólares (70 milhões de euros)

18. Rennovia – produção química de base biológica
Fundada em: 2009
Valorização máxima: 99 milhões de dólares (87 milhões de euros)
Valor angariado: 69 milhões de dólares (60 milhões de euros)

19. DataTorrent – plataforma de dados de streaming
Fundada em: 2012
Valorização máxima: 96 milhões de dólares (84 milhões de euros)
Valor angariado: 24 milhões de dólares (21 milhões de euros)

20. Innovari – plataforma de energia interativa para a indústria de serviços públicos
Fundada em: 2011
Valorização máxima: 94 milhões de dólares (84 milhões de euros)
Valor angariado: 12 milhões de dólares (11 milhões de euros)

21. Apprenda – software para developpers baseado em nuvem
Fundada em: 2007
Valorização máxima: 90 milhões de dólares (79 milhões de euros)
Valor angariado: 56 milhões de dólares (49 milhões de euros)

22. Claritas Genomics – teste genético pediátrico
Fundada em: 2013
Valorização máxima: 60 milhões de dólares (52 milhões de euros)
Valor angariado: 39 milhões de dólares (34 milhões de euros)

23. Industrial Origami – fabricante de materiais industriais
Fundada em: 2003
Valorização máxima: 58 milhões de dólares (51 milhões de euros)
Valor angariado: 41 milhões de dólares (36 milhões de euros)

24. Senzari – soluções de dados e inteligência para a indústria de media e entretenimento
Fundada em: 2010
Valorização máxima:  52 milhões de dólares (45 milhões de euros)
Valor angariado: 13 milhões de dólares (11 milhões de euros)

25. SDCmaterials – nanotecnologia na indústria automóvel
Fundada em: 2004
Valorização máxima: 48 milhões de dólares (42 milhões de euros)
Valor angariado: 26 milhões de dólares (23 milhões de euros)

Comentários