O Chapter da EOnetwork em Portugal facilitará o acesso dos empreendedores nacionais a uma rede de networking, mentoring e aprendizagem de todo o mundo.

Por acreditar que a rede de pessoas é o ativo mais importante da construção de um negócio, e de uma vida, Pedro Janela, cofundador da eggNEST e business angel, empenhou-se, com outros quatro empreendedores, em trazer para Portugal a EOnetwork, rede de empreendedores, a nível mundial, que conta com mais de 12 000 empreendedores, divididos por 150 chapters em todo o mundo. Estes empreendedores têm de ser donos ou sócios de controlo de empresas com faturação superior a um milhão de euros.

“Esta rede, além de permitir a criação de pontes internacionais em quase todo o mundo, com especial foco nos EUA, permite a partilha de ideias e problemas, formação, acesso e, naturalmente, melhores práticas de gestão e construção de negócio. Uma das suas atividades são os fóruns entre oito membros de cada chapter, onde, de maneira informal, mas formal, nos ajudamos, em rede, a crescer”, explica Pedro Janela.

O lançamento de um chapter da EOnetwork em Portugal está agendado para a próxima quarta-feira, dia 25 de janeiro, e conta já com 16 empreendedores portugueses.

“A presença em Portugal do EOnetwork é uma obrigação para o momento que se vive em Portugal, neste domínio. E a criação de redes é o que mais importa. Sobretudo para que possamos, de forma organizada, aceder a mercados de exportação e a melhores formas de gerir. Estes dois pontos são absolutamente cruciais para o crescimento da economia portuguesa”, revela o business angel.

Para Max Maendler, diretor Regional da EO Europa, “Lisboa é uma cidade próspera e empreendedora. Durante séculos que tem sido o lar de grandes empresários. Estamos encantados por finalmente abrir um capítulo numa das cidades mais bonitas e entusiasmantes do mundo”.

A EOnetwork, criada em 1987, é a única rede global exclusivamente dedicada a empresários que têm uma empresa que fatura, pelo menos, mais de um milhão de euros. A rede, com cerca de 12 mil membros, foca-se em empresas de média dimensão e está já em mais de 150 cidades, pretendendo agora expandir a sua atuação através do envolvimento de empreendedores portugueses.

Em Lisboa, é agora aberto um capítulo nacional (nome que a EO dá às suas delegações), que vai ser presidido por Miguel Santo Amaro, um dos fundadores da Uniplaces. Para além de Miguel Santo Amaro e de Pedro Janela, a delegação portuguesa contará com outros empreendedores portugueses como André Gil, da Bliss, e o empresário Tim Vieira, do Shark Tank.

Comentários