A ver: Empresas

Vítor Sevilhano, sócio-gerente da Escola Europeia de Coaching

Somos fãs indefetíveis da dupla de professores da London Business School, Rob Goffee e Gareth Jones. Talvez a sua obra mais conhecida e mais celebrada seja o livro WHY SHOULD ANYONE BE LED BY YOU. Segundo Goffee and Jones, os líderes que são fonte de inspiração, partilham as seguintes caraterísticas:…
Franquelim Alves, diretor-geral da 3anglecapital

“The bigger the world economy the more powerful its smallest players” “The entrepreneur is also the most important player in the building of the global economy.” “E-mail is a tribe-maker. Eletronics makes us more tribal at the same time it globalizes us” “The deployment of power is shifting from the…
Tim Vieira, CEO da Bravegeneration

Não há escola como a vida e não há dias como aqueles em que arrumamos os cadernos e revemos a matéria dada. Que lições podemos tirar da nossa experiência? Que nunca é tarde para mudar. Que o trabalho sério sempre compensa. Que, às vezes, é preciso saber perder para ganhar…

Conheça os oito empreendedores lusófonos que atuam em diferentes setores e que se distinguem pelo seu percurso de sucesso. Quantas vezes já ouviu alguém atribuir o sucesso de outro a um golpe de sorte? Ou questionar que “ajudas” alguém terá tido para chegar a determinado cargo, fechar determinado negócio ou…
Isabel Amaral, especialista em protocolo e comunicação intercultural

Para ter êxito num mercado global como aquele em que vivemos, já não basta exportar, é preciso internacionalizar. Uma empresa que não se internacionaliza, não cresce, ou desaparece. Os empresários portugueses fazem elaborados estudos sobre os mercados escolhidos, mas, às vezes, esquecem-se de investigar sobre as barreiras da comunicação intercultural.…
Carlos Rocha, administrador do Banco de Cabo Verde

De repente (ou não), já estamos à porta da quarta revolução industrial. A Indústria 4.0, segundo as várias definições disponíveis, é o termo que engloba tecnologias para automação e troca de dados, e facilita a visão e execução de fábricas inteligentes (wikipedia). Sem dúvida que grandes mudanças foram e são…
José Manuel Fonseca, investigador

Um dos problemas mais fascinantes da moderna vida organizacional consiste na determinação do “valor” dos recursos humanos. Valor do desempenho, valor potencial do seu desenvolvimento. Claro que poderíamos dizer que os rituais de “avaliação de desempenho” são, apenas, mais uma forma de proteção que encontrámos, para evitar ter conversas normais…
Rita Carvalho, consultora de Comunicação e Imagem

Recentemente, duas responsáveis políticas do condado de Clay, nos EUA, fizeram comentários racistas sobre Michelle Obama. Pamela Taylor, diretora da Companhia de Desenvolvimento do Condado de Claye, publicou na sua página de Facebook um comentário, referindo-se à primeira dama como uma "macaca de saltos altos", ao que a presidente de…
Rita Nabeiro, CEO da Adega Mayor

Esta frase de Samuel Beckett poderia resumir em poucas palavras a vida de muitas start-ups. Imbuídos no espírito empreendedor, são muitos os que se lançam na criação de empresas, na esperança de que esta seja a próxima Amazon, Facebook ou Uber do mercado. Porém, a realidade diz-nos que apenas uma,…
Pedro Celeste, diretor-geral da PC&A

Lisboa conheceu recentemente um momento particularmente marcante do ponto de vista empresarial, com a realização da Web Summit, onde participaram mais de 53.000 participantes, de 166 países, incluindo 15.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 700 investidores. Há um mundo digital novo que todos querem descobrir e explorar! Mas houve algo…
Margarida Sá Costa, presidente do Lide Mulher Portugal

A Web Summit é uma conferência com tema centrado na tecnologia da internet, realizada anualmente e fundada por Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey. Participam desde grandes empresas, até empreendedores que ainda só têm a sua empresa em sonho! Tendo começado em 2009, em Dublin, Irlanda, com perto de 200 participantes, chegou neste…
Ricardo Tomé, diretor-coordenador da Media Capital Digital

 O “Love Index” da Accenture Digital acaba de revelar, neste mês de novembro, quais as marcas mais apaixonantes para os consumidores, num estudo realizado a cada 2 anos e que atravessa vários países. E o resultado traz para o TOP5:  Netflix, Apple, Google, Microsoft e YouTube. Este estudo cruza os valores…