O DroneSpot junta turismo e tecnologia, quer implantar-se no mercado e procura parceiros de negócio.

Porque não ter uma visão única de um monumento ou de uma paisagem? Esta é a proposta da DroneSpot, um projeto que alia turismo e tecnologia e que está a dar os primeiros passos no mercado. Já tem equipamentos (drones hexacopteros), equipa e prepara todas as condições para começar a funcionar, concretamente as necessárias autorizações e licenças das autoridades que regulam esta atividade.

O produto
Consiste num serviço de vídeo e fotografias efetuado através de drones, localizados em spots/bancas junto aos monumentos e locais mais emblemáticos das cidades. Apresenta-se como uma mais-valia para os turistas que queiram uma recordação diferente, neste caso aérea, das suas férias. Os turistas recebem o vídeo ou imagens na hora. Apesar de, numa primeira fase, estar mais direcionado para turistas, o DroneSpot acaba por estar vocacionado para quem quer ter “uma recordação única de um local ou monumento visitado”. Além do vídeo com imagens aéreas dos locais, a empresa disponibiliza também óculos de FPV, através dos quais os turistas podem acompanhar em tempo real as imagens que estão a ser captadas pelo drone.

Como surgiu o projeto
O DroneSpot surgiu depois de Marco Coelho e os dois sócios Ricardo Maia e Luís Coelho identificarem o potencial desta área, ainda não totalmente explorada. “Sendo o mercado dos drones um mercado com grande crescimento a nível mundial, faz todo o sentido esta nova abordagem que a DroneSpot vai trazer”, assegura o fundador do projeto. Cabe a Ricardo Maia, profissional com vários anos de experiência nesta área, assegurar a manutenção e condução dos drones, bem como a posterior montagem e edição de imagens.

Modelo de negócio
Centra-se em parceiros chave, como operadores (profissionais) de drones e em DroneSpot boys e girls que, no local, apresentam o serviço aos turistas e asseguram os processos logísticos do mesmo. A principal fonte de receita do projeto serão as fotos e os vídeos tirados pelo drone, os óculos de realidade virtual e o serviço disponibilizado pela app. Quer o site quer a app podem ser usadas para requisitar o serviço de drone ou para saber onde em que sítios/monumentos estão localizados os drones.
O que oferece a DroneSpot? Os responsáveis do projeto asseguram “um vídeo com qualidade de cinema, editado por profissionais, onde o turista terá não só imagens incríveis do local que visita, mas também irá gravar uma mensagem, que depois poderá partilhar com os amigos, a família ou com o mundo através das redes sociais”.

O que procuram
“Neste momento precisamos do sempre difícil, primeiro passo. Temos o material humano, equipamento, conhecimento e experiência de anos nesta área. Mas precisamos de um possível patrocínio ou parceria para implementar na sua máxima força o projeto”, explicam os responsáveis.
Neste momento com uma equipa de cinco pessoas, a DroneSpot está, assim, a tentar ultrapassar alguns obstáculos, concretamente e dificuldade em conseguir uma parceria ou patrocínio para a implementação do projeto no mercado. As próximas etapas passam por assegurar a proteção do modelo de negócio, celebrar possíveis protocolos com Câmaras Municipais ou com o Turismo de Portugal.

Exemplo de uma possível localização do DroneSpot

Resumo
Responsável:
Marco Coelho
Área: Turismo e tecnologia
Produto: 
Drones
Mercado: Nacional e internacional
Necessidade:
 Patrocínio /parcerias
Contactos: 
kornfield1@hotmail.com

 

 

Comentários