Enquanto que a maioria das crianças vai à escola e desfruta do seu tempo livre, Yasha Asley, um jovem de 14 anos, partilha o seu conhecimento com alunos universitários.

Com um conhecimento incrível em matemática e conhecido como a “calculadora humana”, Yasha Asley, de apenas 14 anos, é um jovem prodígio que está a dar aulas na universidade de Leicester, enquanto termina o próprio curso.

Depois de se aperceber do interesse e conhecimento de Yasha em matemática, foi o próprio pai, Moussa Asley, que entrou em contacto com a instituição.

Com apenas 13 anos na altura, o jovem prodígio  acabou por ser contactado pela universidade. O grupo de pessoas que analisou o seu potencial ficou chocado com o conhecimento de Yasha e, pouco tempo depois, a “calculadora humana” começou a dar aulas na universidade.

O jovem professor contou à YourStory que o teste para entrar na universidade, como docente, passou por responder a algumas questões que lhe foram colocadas na entrevista. Os entrevistadores ficaram boquiabertos com o seu conhecimento e perceberam que Yasha poderia a tornar-se um ativo precioso para a universidade.

Moussa Asley mostrou-se extremamente orgulhoso por o filho estar a dar aulas a pessoas mais velhas, mas antes de conseguir o sinal verde para se tornar professor, Yasha teve de pedir várias permissões no departamento de recursos humanos. E mesmo depois de conseguir a permissão, a direção da universidade achou o caso muito estranho. No entanto, depois de conhecerem Yasha, perceberam a razão para este se ter juntado à instituição.

Por agora, os objetivos do jovem professor passam por acabar o curso e, eventualmente, ingressar num doutoramento na mesma área.

Comentários