Apresentar novos conceitos e modelos inovadores para o turismo é a proposta do BTL Lab & Trends, um espaço que vai receber start-ups.

À semelhança do ano passado, a BTL– Bolsa de Turismo de Lisboa, com início marcado para o próximo dia 28 de fevereiro, lançou o desafio à participação de start –ups integradas no BTL LAB. Trata-se de uma área de inovação (vai estar no pavilhão 2 do evento), dividida em três sectores de exposição. Um deles é o Lab & Trends, uma zona exclusivamente dedicada a start-ups, criadas há menos de três anos que desenvolvam projetos na área do turismo (B2B ou B2C), inovadores, criativos e com maturidade.

Por outro lado, no espaço BTL Tech vão marcar presença empresas que apresentem inovações tecnológicas com aplicações vocacionadas para o sector do turismo, seja ao nível dos serviços seja de plataformas ou softwares. O BTL Stage, por sua vez, vai ser o espaço reservado a talks e apresentações sobre o sector.

Aquela que é considerada a feira de turismo de referência rende-se também à nova onda de empreendedorismo nacional reservando espaço para a inovação tecnológica e para a apresentação de novos modelos de negócio.

A BTL, que cumpre este ano, a sua 30.ª edição, realiza-se de 28 de fevereiro a 4 de março, na Feira Internacional de Lisboa, sendo que os três primeiros dias do evento são dedicados a profissionais.

Comentários