O LinkedIn fez um levantamento das start-ups brasileiras mais procuradas. Conheça-as neste artigo.

Nos últimos anos, têm entrado alguns casos de sucesso no universo brasileiro de start-ups e nunca houve tantos investidores ativos no país: em 2017, o dinheiro investido por venture capitalists neste tipo de empresas aumentou 207%.

E, mais do que ideias e modelos de negócios novos, estes projetos trazem uma nova competição às grandes empresas: a atração de talento. Nesta tónica, o LinkedIn criou o top 25 das start-ups brasileiras com base em quatro critérios:
– aumento do quadro de funcionários;
– interesse dos candidatos pelas vagas em aberto;
engagement dos utilizadores com a empresa e funcionários;
– nível de atração exercido pela start-up sobre talento oriundo das empresas que fazem parte da lista LinkedIn Top Companies.

Com isto, eis a lista de start-ups mais procuradas no Brasil:

1. Nubank
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 1.111
Sede: São Paulo


2. Creditas
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 468
Sede: São Paulo


3. Guiabolsa
Setor: Tecnologias de informação e serviços
Número de funcionários: 192
Sede: São Paulo


4. Docket
Setor: Serviços jurídicos
Número de funcionários: 95
Sede: São Paulo


5. Stone Pagamentos
Setor: Tecnologias de informação e serviços
Número de funcionários: 1.954
Sede: São Paulo


6. QuintoAndar
Setor: Internet
Número de funcionários: 350
Sede: São Paulo


7. CargoX
Setor: Internet
Número de funcionários: 250
Sede: São Paulo


8. Loggi
Setor: Internet
Número de funcionários: 380
Sede: São Paulo


9. Sky.One Cloud Solutions
Setor: Software
Número de funcionários: 75
Sede: São Paulo


10. Hotmart
Setor: Internet
Número de funcionários: 315
Sede: Belo Horizonte


11. MaxMilhas
Setor: Internet
Número de funcionários: 260
Sede: Belo Horizonte


12. Zoop
Setor: Serviços Financeiros
Número de funcionários: 85
Sede: Rio de Janeiro


13. Mandaê
Setor: Entregas
Número de funcionários: 102
Sede: São Paulo


14. Beblue
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 427
Sede: São Paulo


15. MindMiners
Setor: Investigação
Número de funcionários: 48
Sede: São Paulo


16. Mercado Bitcoin
Setor: Tecnologia da informação e serviços
Número de funcionários: 102
Sede: São Paulo


17. Vindi
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 100
Sede: São Paulo


18. ContaAzul
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 370
Sede: Joinville


19. Nibo
Setor: Contabilidade
Número de funcionários: 105
Sede: Rio de Janeiro


20. Rock Content
Setor: Internet
Número de funcionários: 340
Sede: Belo Horizonte


21. Geru
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 117
Sede: São Paulo


22. Amaro
Setor: Internet
Número de funcionários: 360
Sede: São Paulo


23. Ebanx
Setor: Serviços financeiros
Número de funcionários: 383
Sede: Curitiba


24. Contabilizei
Setor: Contabilidade
Número de funcionários: 205
Sede: Curitiba


25. Modern Logistics
Setor: Logística
Número de funcionários: 157
Sede: São Paulo

Comentários

Sobre o autor