Conheça sete documentários que o podem inspirar a continuar a lutar pelo seu negócio ou a reinventá-lo.

Depois de termos elaborado duas listas com filmes que acreditamos que todos os empreendedores deviam ver, trazemos-lhe sete documentários. A lista foi elaborada por David Koji, CEO da evolvor – uma empresa de marketing digital -, no Entrepreneur.

Numa altura em que temos cada vez mais documentários à distância de um clique, em plataformas como o Netflix e YouTube, as recomendações de Koji são especialmente relevantes para as pessoas que não têm muito tempo para ler centenas de sinopses até descobrirem algo que valha realmente a pena. Foi a pensar nelas que o empreendedor elaborou a lista que se segue:

“Burt’s Buzz” – A escolha do cofundador
Este documentário de 2013 retrata a história de Burt Shavitz, um homem que, em 1984, cofundou a empresa Burt’s Bees. A narrativa tem como objetivo levar os espetadores a refletirem sobre a escolha de cofundador para um negócio. No caso de Shavitz, a cofundadora conseguiu enganá-lo ao comprar a sua parte da Burt’s Bees e a vender à Clorox, em 2007, por perto de 800 milhões de euros. O vídeo que se segue é o trailer. Pode ver o documentário completo no YouTube.

“Crafting a Nation” – A importância das comunidades locais
Lançado em 2013, o Crafting a Nation segue o trabalho de várias destilarias à volta dos Estados Unidos, retratando o trabalho duro, as dificuldades e o sucesso conquistado. O documentário explora também o impacto que estes projetos têm nas comunidades locais.

“Happy” – O que torna as pessoas realmente felizes
Neste documentário, um grupo de líderes, cientistas e investigadores partilha informação para responder à pergunta: “afinal, o que torna as pessoas realmente felizes?”. É a partir daqui que Roko Belic percorre o mundo para descobrir o que traz realmente felicidade à vida das pessoas. Veja ainda a TED Talk do realizador sobre o processo de criação do documentário.

“Jiro Dreams of Sushi” – Quando a paixão se transforma em obsessão
Este documentário é especialmente inspirador. Nele, é retratada a história de Jiro One, o dono de um restaurante no metro de Tóquio que se queria tornar no melhor chef de sushi do mundo. O que mais admira nesta história é o facto deste chef ter 85 anos, de ter conseguido que o seu restaurante ganhasse três estrelas Michelin e de ter clientes dispostos a pagar 300 dólares por uma refeição.

“Print the Legend” – O lado negro de começar um negócio
Ao contrário da maioria dos documentários presentes nesta lista, que mostram o lado romântico de começar um negócio, o Print the Legend escolhe um caminho radicalmente oposto. Um dos casos apresentados no documentário é o de Bre Pettis, fundador da MarkerBots, que se mostrou capaz de arruinar amizades para dar uma hipótese à sua empresa de impressão 3D, e que foi colocado na ribalta depois de dar acesso à impressão de armas de fogo.

“Steve Jobs: One Last Thing” – Tem tanto potencial como os seus pares
Este documentário de uma hora mostra como Steve Jobs mudou o mundo através do seu talento, estilo e imaginação. Segundo Koji, a entrevista ao visionário é a parte mais impactante do filme, especialmente quando este refere que “a vida pode ser muito mais ampla assim que descobrimos um simples facto, que é: tudo o que está à tua volta e a que chamas vida foi feito por pessoas que não eram mais espertas do que tu… quando perceberes isso, podes tocar na vida… podes mudá-la, podes moldá-la… talvez isso seja a coisa mais importante”. Pode ver o documentário completo no YouTube.

“Sunshine Superman” – Enfrentar a vida sem medo
Este filme de 2015 representa a história de Carl Boenish, um dos pioneiros do BASE jumping. O que torna o documentário inspirador é o facto de Boenish apresentar uma paixão e falta de medo em saltar. A ideia por trás deste “Sunshine Superman” é que não pode haver medo de dar o “salto de fé” para viver uma vida realmente recompensadora.

Comentários

Sobre o autor