Saiba como pode recorrer aos serviços de um trabalhador independente especializado, ou melhor, a um freelancer, com um perfil adequado à sua empresa.

À medida que a sua pequena empresa cresce e o negócio se expande, torna-se cada vez mais evidente a necessidade de aumentar a equipa que trabalha consigo. No entanto, se o seu orçamento é limitado, e tendo em conta o custo de um funcionário para uma empresa, uma das hipóteses que tem à sua disposição é recorrer aos serviços de um ‘freelancer’, ou trabalhador independente, com um perfil muito específico e adequado à tarefa que precisa de completar.

Esta nova tendência no mercado de trabalho, para a qual muitas PME e também grandes empresas estão já a despertar, observa-se sobretudo nas áreas mais tecnológicas, desenvolvimento de ‘software’, criação de aplicações para dispositivos móveis, passando também pelo marketing, gestão de redes sociais e outras profissões mais ligadas à área digital e de produção de conteúdos

As vantagens de optar por ‘freelancers’ altamente especializados para um determinado projeto específico prende-se sobretudo com uma questão de orçamento. No entanto, o ‘timing’ e a rapidez de resposta são também importantes, sendo muitas vezes necessário recrutar um trabalhador independente com disponibilidade imediata para desenvolver um determinado projeto mais urgente que, se for bem executado, pode determinar o sucesso da empresa.

Há muitas maneiras de contar com o trabalho de freelancers realmente profissionais e garantir que correspondem às suas necessidades ou correspondam aos detalhes dos projetos para os quais a empresa deseja apoio.

Confira as cinco dicas que, segundo a Forbes, o podem ajudar a avaliar e a ter sucesso com freelancers na sua equipa.

1. Seja claro sobre as suas necessidades e expetativas
Para ter uma relação produtiva de trabalho com os freelancers, primeiro seja claro sobre o que pretende. Descreva o projeto e/ou trabalho, o cronograma e o papel da pessoa. Uma vez definida a estrutura do trabalho, conheça as suas próprias expetativas e os requisitos para o sucesso na contratação de um freelancer. Ter uma visão clara dos detalhes não só ajudará a entender melhor as suas necessidades, como também mostrará aos freelancers experientes que é organizado e que está preparado para este tipo de parceria profissional.

2. Ausculte o mercado
Devido ao grande número de freelancers disponíveis, a qualidade e profissionalismo podem variar muito. Peça recomendações de gerentes e colegas de trabalho. Procure consistência entre fontes autorreferenciadas e terceiros – estudos de caso, artigos publicados, sites de portfólio, revisões de sites, LinkedIn etc.

A maioria dos empregadores pode evitar cometer grandes erros se despender tempo a analisar o portfólio do freelancer. Em vez de se deixar levar pela reação instintiva ao trabalho da pessoa como um todo, solicite amostras relevantes para o projeto para o qual o está a contratar.  O risco é que muitas empresas que procuram profissionais autónomos também estão atoladas, sem tempo para encontrar alguém, o que pode impactar negativamente o processo de verificação de candidatos.

3. Faça perguntas difíceis
Questione-os sobre como lidam com clientes desafiadores, líderes exigentes ou parceiros de equipa de opinião forte. Pergunte como abordam os prazos de entrega de trabalhos. O que é, para eles, um trabalho de qualidade? Que nível de orientação podem precisar para responder aos seus padrões de execução? Além disso, aborde a disponibilidade que esperam de si para garantir o alinhamento durante o período do projeto e não apenas nos primeiros dias.

Entenda a forma de comunicação dos freelancers e procure perceber sobre o que esperam e, se necessário, a disposição deles em se adaptarem à sua abordagem.

4. Um passo de cada vez
Adotar uma abordagem frequente satisfaz muitas questões preliminares. Se for o seu primeiro contato com freelancers ou se sentir insegurança quanto às capacidades profissional, dê passos pequenos.

A adoção dessa abordagem costuma proporcionar a oportunidade de dar feedback sobre o trabalho de um indivíduo quando as apostas ainda são relativamente baixas e o tempo está do seu lado. Quando estiverem a trabalhar em sintonia, será mais fácil alcançar projetos maiores e gerir a relação com clientes mais críticos.

5. Mantenha relacionamentos de longo prazo
Encontrar e contratar freelancers qualificados é difícil. Então, quando estiver convencido da qualidade da entrega e se sentir à vontade para trabalhar com eles, segure-os. Faça um esforço extra para manter esses relacionamentos. Esta atitude irá reduzir a sobrecarga e criar um resultado previsível e confiável para a próxima vez que precisar de aumentar a sua equipa interna, sem ter que começar tudo do zero.

Encontrar o talento certo para sua equipa de trabalho não precisa de ser um pesadelo. Limite a sua pesquisa e mantenha os freelancers alinhados com os valores e padrões de qualidade da empresa.

Comentários