Percorra a lista destes 40 experientes business angels europeus para encontrar o que mais se pode adequar no apoio ao seu projeto.

Se estiver à procura de investimento para uma fase inicial da sua start-up um dos melhores veículos de investimento a que pode recorrer são os business angels. Este tipo de investidores apresentam alguns pontos a favor em relação às firmas de capital de risco e aos outros meios de financiamento, sendo que um deles é que já têm experiência enquanto empreendedores.

A Eu-Startups elaborou uma lista de 40 business angels que apoiam o empreendedorismo na Europa e que podem ajudar a sua start-up a crescer. Clique nos nomes dos investidores para ter acesso ao respetivo perfil de LinkedIn.

(Não sabe o que escrever no email/mensagem de apresentação? Leia este artigo)

Jesper Buch
Buch é um dos empreendedores mais conhecidos da Europa a operar no espaço online. Para além de ser o cofundador do just-eat.com e da Miinto Group, é também um investidor anjo ativo e um dos dragões da versão dinamarquesa do Dragon’s Den (Shark Tank).

Paola Bonomo
Business angel, conselheira de projetos digital e diretora não executiva. Bonomo já recebeu vários prémios pelo seu trabalho no espaço digital europeu. Um dos mais notáveis foi em 2017, quando Paola foi distinguida como a Business Angel italiana do ano.

Christian Vollmann
Da mesma maneira que Bonomo, Vollmann foi distinguido com o prémio de Business Angel do Ano, mas no seu país: a Alemanha. Este empreendedor em série é também um dos investidores do seu género mais ativos no seu país. Para além disto, é conselheiro da política de start-ups do ministro da economia alemão e apoiante de projetos de impacto social.

Niklas Zennstrom
Se o nome Kazaa não lhe diz grande coisa, o nome Skype com certeza dirá. Zennstrom, um experiente empreendedor sueco, foi cofundador dos dois projetos. Atualmente, é CEO e um dos founding partners da firma de capital de risco Atomico, onde ajuda empreendedores a escalaram os seus negócios.

Christophe Maire
Com mais de 20 anos de experiência no mundo dos investimentos, Christophe Maire apoia start-ups do espaço digital em fase embrionária através da Atlantic Labs, uma firma de capital de risco onde é founding partner e CEO.

Xavier Niel
Este é um dos business angels mais ativos do mundo. Além de ter criado a Worldnet, o primeiro serviço de internet de França, Xavier Niel criou a Station F – o maior campus de start-ups do mundo. É através da Kima Ventures, fundo que apoia duas start-ups por semana, que um dos maiores influenciadores do seu espaço deixa a sua marca no panorama tecnológico.

Morten Lund
Se procura um business angel com muita experiência, Morten Lund pode ser a escolha ideal. Nos últimos 15 anos, este empreendedor criou ou investiu em mais de 115 start-ups tecnológicas e a sua história de altos e baixos já foi ouvida por milhares de pessoas em todo o mundo. O mais recente foco de Lund está ligado ao mundo das fintech.

Hansi Hansmann
Com o prémio de “Melhor Investidor Europeu em Early-Stage” de 2015, atribuído pela European Business Angels Network (EBAN), o líder da Hansmann Group é um dos business angels indicados para apoiar o setor da saúde. Isto porque este business angel passou a maior parte da sua vida profissional como executivo na indústria farmacêutica europeia.

Luis Martin Cabiedes
Com base em Barcelona, Cabiedes é um business angel espanhol que começou a ajudar start-ups há mais de 20 anos. O seu portfólio já inclui mais de 40 projetos apoiados. O veículo financeiro utilizado por este investidor é a Cabiedes and Partners.

Sonali De Rycker
General partner da Accel e uma das líderes da firma em Londres, Sonali já tem mais de 14 anos de atividade na área do investimento e é uma das venture capitalists com mais experiência na Europa.

Saul Klein
LocalGlobe é um fundo britânico especializado em apoiar start-ups europeias em fase embrionária. Por trás deste encontram-se o investidor de capital de risco Saul Klein (cofundador da aceleradora Seedcamp e antigo sócio da Index Ventures) e o pai.

Oliver Samwer
A par com outros nomes desta lista, Oliver Samwer é um dos investidores de start-ups mais ativos da Europa. Oliver é também CEO da Rocket Internet, uma “fábrica” alemã criadora de empresas online em todo o mundo.

Kim Vaisanen
Kim foi o business angel do ano da Finlândia em 2017. Atualmente, para além de ser sócio sénior da Takeoff Partners – firma que se atua na internacionalização de softwares e serviços que trabalhem no modelo B2B -, Vaisanen é coach, pelo que, caso esteja à procura de um investidor e mentor, poderá ser uma boa escolha.

Eileen Burbidge
Eileen é a sócia fundadora da Passion Capital e é descrita como sendo uma das investidoras de capital de risco londrinas com mais influência. A juntar a este cargo, Burbidge é também presidente da TechCity UK, uma organização britânica apoiada pelo governo que ajuda negócios digitais.

Christoph Jung
Com os cargos de general partner e managing director da HV Holtzbrinck Ventures, uma firma de capital de risco de Munique que ajuda fundadores a desenvolverem as suas empresas, Jung tem experiência no apoio a start-ups desde 2000.

Claire Houry
Claire é partner da Ventech, uma firma de capital de risco que apoia projetos em early-stage. Descrita uma das pioneiras na área de capital de risco em França, esta investidora está ligada a várias empresas francesas e é apoiante dos movimentos de empreendedorismo de impacto social.

Richard Reed
Com os títulos de investidor e empreendedor, Reed é mais conhecido por ter cofundado a Innocent Drinks, a marca de smoothies mais divulgada no Reino Unido. Atualmente, é através da JamJar Investments que Richard apoia e investe em start-ups.

Philipp Schroeder
Sendo founding partner da Active Venture, uma firma de capital de risco europeia, Schroeder está habituado a apoiar algumas das maiores empresas tecnológicas. Tem mais de 15 anos de atividade nesta área e é frequentemente convidado para participar como jurado em competições europeias de start-ups.

Chris Adelsbach
Este empreendedor, business angel e mentor com base no Reino Unido é diretor geral da aceleradora de fintech da Techstars, em Londres. Adelsbach está sempre à procura de novos projetos inovadores na área dos serviços financeiros de base tecnológica.

Simon Murdoch
Murdoch é um antigo empreendedor, engenheiro e sócio-gerente da Episode 1 Ventures, uma firma de capital de risco do Reino Unido que aposta em empresas com projetos de software. O primeiro sucesso de Simon nesta área foi em 1996, altura em que vendeu a sua primeira start-up à Amazon.

Ulla Brockenhuus-Shack
A managing partner do maior fundo de capital de risco da Dinamarca – o Seed Capital – tem mais de 25 anos de experiência a trabalhar em inovação e desenvolvimento de negócios. Durante este período, Ulla esteve envolvida em várias start-ups enquanto conselheira e investidora.

Brigitte Baumann
CEO e fundadora da Go Beyond Early Stage Investing, Brigitte já trabalha com start-ups há mais de 15 anos e foi reconhecida como a investidora europeia do ano de 2015 pela EBAN. Em relação aos seus investimentos, o foco mais recente de Baumann prende-se com os setores das telecomunicações e da internet.

Ivar Siimar
Ivar é um membro ativo da comunidade empreendedora da Estónia que deixa o seu marco no ecossistema não só como empreendedor, mas também como investidor.  É presidente da Estonian Business Angel Network e divide o tempo entre os seus projetos, os investimentos e o apoio a outros empreendedores.

Thomas Berglund
Este investidor e empreendedor em série norueguês é fundador da Angel Challenge, um programa feito para dar poder às pessoas que não conseguem investir por si só numa start-up, mas que podem coinvestir com outros empreendedores. Para além disto, está à frente de alguns espaços de coworking, em Oslo, que se dedicam a start-ups e a business angels.

Tor Bækkelund
Atualmente, sócio e líder de financiamento na norueguesa StartupLab, uma incubadora tecnológica, Tor já esteve em vários cargos de gestão. Segundo a EU-Startups, este business angel tem um histórico forte na transformação de empresas.

Carlos Blanco
Blanco é uma das figuras mais conhecidas no ecossistema de start-ups espanhol, tendo recebido o prémio de Melhor Empreendedor Espanhol em 2014. O agora diretor geral e cofundador da firma de capital de risco Encomenda VC deixou o cargo de empreendedor e dedica-se agora em apoiar start-ups.

François Derbaix
Também espanhol, François é outro dos investidores anjo mais ativos em Espanha, até à data, com 21 empresas em portefólio. O antigo empreendedor em série é cofundador e co-CEO da Indexa Capital.

Candace Johnson
Para além de ser presidente da maior rede de business angels europeus, a EBAN, Johnson é a cofundadora da SES, um grupo dedicado ao trabalho com satélites. Candace – entrevistada pelo Link to Leaders  em março do ano passado – também fundou a Europe Online Investments S.A., o primeiro serviço online de internet e rede de banda larga do mundo.

Luigi Capello
Da mesma maneira que outros investidores presentes nesta lista, Capello é um empreendedor em série. O fundador e CEO da LVenture Group, uma firma de capital de risco com sede em Roma, tem mais de 50 investimentos feitos em start-ups.

Marek Rusiecki
Rusiecki é fundador e presidente da Xevin Investments e um dos investidores anjo mais ativos na Polónia, fazendo parte do elenco do Dragon’s Den polaco. Marek dedica-se especialmente a negócios online e é cofundador de uma das maiores redes de publicidade online do seu país.

Felix Haas
Os investimentos de Haas em start-ups focadas no mundo da internet já ultrapassam a barreira das cinco dezenas. Este business angel, com background em empreendedorismo, está nos quadros de várias empresas e é coorganizador e anfitrião do Bits & Pretzels, o maior evento de fundadores de start-ups da Alemanha.

Laurel Bowden
Considerada uma das investidoras europeias com mais conquistas, Bowden é general partner da 83North, uma firma de capital de risco com mais de 800 milhões de dólares sob gestão centrada em projetos europeus e israelitas.

Peter Read
Read acumula vários cargos no universo do capital de risco. Para além de ser diretor geral da Vitruvian, é também sócio na BlueYard e na LocalGlobe e conselheiro na Entrepreneur First. Os seus “serviços” enquanto investidor e conselheiro são visíveis em mais de 100 start-ups tecnológicas por toda a Europa.

Peter Cowley
Ao contrário de outros nomes nesta lista, Peter Cowley mantém-se ativo tanto como empreendedor tecnológico, quer como investidor anjo. Atualmente, é diretor de 13 empresas – das quais oito são start-ups. Em 2015, no Reino Unido, recebeu a distinção de Melhor Business Angel do Ano.

Simon Squibb
Squibb é um investidor anjo com um conhecimento bastante aprofundado em marketing, branding e estratégia digital. Tem mais de duas décadas de experiência como business angel e é sócio-fundador e CEO da NEST Investments.

Thomas Hessler
Hessler é um empreendedor em série e investidor anjo especializado em negócios com foco no crowdsourcing. Depois de cofundar a Zanox, um marketplace para afiliados, fundou a UFOstart, a primeira rede de “crowd investor” para start-ups que operam no modelo lean.

Riku Asikainen
O presidente da Finnish Business Angels Network (FIBAN) está envolvido no investimento de mais de 30 empresas. Os seus apoios estão virados para áreas como a saúde, produção industrial e segurança alimentar.

Ari Korhonen
O fundador da empresa de investimento Lagoon Capital tem mais de 20 anos de atividade enquanto empreendedor tecnológico e uma década enquanto investidor anjo – tendo investido em mais de 30 empresas.

Oleg Tscheltzoff
Tscheltzoff cofundou duas start-ups de sucesso: a Fotolia e a Amen. Atualmente, encontra-se em Londres, onde trabalha como business angel e já investiu em 30 start-ups, entre as quais a Spotify e a Casper.

Raphael Leiteritz
Leiteritz trabalha como gestor de produto na Google para os serviços de Shopping e Maps. Além disso, é um business angel sediado em Zurique que já apoiou mais de 40 start-ups pela Europa e Estados Unidos.

Comentários

Sobre o autor