Pesquisar por voz, introduzir vídeos no website e conteúdo de qualidade. Conheça as estratégias de SEO para 2019 que vão tornar o seu website num íman de clientes.

O mundo digital está em constante transformação. O que era certo, hoje pode mudar de um momento para o outro, especialmente nas grandes plataformas online – muitas vezes vitais para o sucesso de um negócio.

Há milhares de websites online que dependem dos motores de busca para atrair novos clientes, mas poucos são aqueles que conseguem chegar à primeira página. Neste ambiente ultracompetitivo é fulcral que as start-ups estejam constantemente a otimizar os seus websites de acordo com as últimas tendências e atualizações do motor de busca.

O Digital Information World partilhou recentemente as tendências de SEO (Search Engine Optimization) para 2019. O objetivo passa por ajudar os pequenos negócios a chegarem mais facilmente ao seu público-alvo com estas 10 tendências:

  1. Revolução na pesquisa por voz

Segundo os dados disponibilizados, em 2020, 50% das pesquisas vão ser feitas através de voz. O assistente da Google, o Siri da Apple, o Bixby da Samsung, a Alexa da Amazon ou a Cortana da Microsoft são apenas alguns dos assistentes controlados por voz que já estão disponíveis no mercado.

A aposta das grandes marcas neste tipo de tecnologia mostra o possível caminho que o mercado vai percorrer. É, portanto, importante que se foque em otimizar as suas pesquisas por voz e pelas palavras-chave mais importantes do seu negócio.

  1. Pesquisa por palavras-chave de vídeo

Os vídeos vão ganhar um papel fundamental nos motores de busca. Prevê-se que, em 2020, 75% de todo o tráfego internauta seja feito através de vídeos. Atualmente, as empresas que utilizam vídeos na sua estratégia de divulgação têm 41% mais de tráfego, pelo que poderá ser importante incluir este tipo de conteúdo no seu website.

Tutoriais, vlogs, filmes da marca, dia-a-dia na empresa, são apenas algumas ideias de vídeos que pode incluir em plataformas como YouTube, Vimeo, Twitch, Flickr. Este tipo de conteúdo é especialmente relevante para as empresas que têm os millennials e a Generation Z como público-alvo, visto que estas duas gerações têm maior predisposição para o consumo.

  1. Priorize a versão mobile do seu website

As pesquisas feitas nos telemóveis estão a ganhar cada vez mais relevância. Na verdade, espera-se que já no próximo ano 63,4% das pessoas utilize um smartphone para aceder à internet. Por isso, é importante que priorize o tempo de carregamento da sua página na versão mobile, mesmo que tenha um design responsivo.

  1. Desenvolvimento de conteúdo de qualidade

84% dos consumidores esperam que as marcas criem conteúdo educacional de qualidade e 61% dos marketeers afirmam que o SEO orgânico é uma das prioridades na sua estratégia. Com isto em mente, é essencial que comece a apostar em keywords longas e específicas e que comece a criar conteúdo interessante e de qualidade para o seu público-alvo.

  1. Tenha a certeza de que o seu website é seguro

É também relevante que aposte na segurança do seu website, especialmente na perceção que pode passar ao público. 82% das pessoas dizem sair de um website que não é seguro. Para passar a mensagem de segurança, a Digital Information World aconselha a utilização de um certificado SSL – que faz com que o prefixo do seu website passe de “HTTP” para “HTTPS”.

  1. Design focado na experiência do utilizador

A experiência do utilizador é especialmente importante tendo em conta que 70% consumidores tomam conhecimento de uma empresa pelo conteúdo dos seus websites e não pelos seus anúncios. Logo, é relevante que tenha um site com um design focado na experiência de utilizador, de forma a melhorar a transmissão da mensagem e a ficar numa das primeiras páginas dos motores de busca.

  1. Utilização de blockchain para o SEO técnico

O blockchain foi uma das palavras mais utilizadas no mundo dos negócios em 2018. Prevê-se que em 2019 haja um aumento de 61,5% no mercado para esta tecnologia. A Digital Information World aconselha que a utilize esta para publicitar o seu website.

  1. Marketing de influência

É importante tentar incluir um influenciador (que se adeque à sua audiência) na estratégia de marketing. 67% dos marketeers dizem que este tipo de veículos os ajuda a chegar à audiência pretendida. Esta estratégia é especialmente pertinente caso o seu negócio tenha uma forte presença no Instagram, visto que é aqui que 99% dos influenciadores passa mais tempo.

  1. Conteúdo longo

A Digital Information World aconselha ainda a utilização de conteúdo longo detalhado, uma vez que 70% dos marketeers falham nesta estratégia que gera 54% mais vendas do que a publicidade. Entenda-se, no entanto, que é importante criar valor para a audiência – não utilize palavras mais longas ou explicações mais compridas para ir ao encontro desta estratégia.

  1. Inteligência Artificial

À medida que a inteligência artificial vai evoluindo, os truques agressivos utilizados para “enganar” os motores de pesquisa vão ficando para trás, pelo que é importante que – caso tenha algo do género implementado – se veja livre dessa estratégia e comece a obedecer às regras do jogo.

Comentários

Sobre o autor